Vila Nova vence CSA de virada e dorme no G-4 da Série B

Jogando em casa, os alagoanos desperdiçam a chance de assumir a ponta; Vila Nova aproveita vacilos dos adversários e faz bom resultado

Vila Nova vence CSA de virada e dorme no G-4 da Série B
Divulgação: Vila Nova/Ailton Cruz
CSA
1 2
Vila Nova
CSA: Felipe Garcia; Celsinho, Matheus Lopes, Leandro Souza e Rafinha; Yuri, Pio (Judivan) e Daniel Costa (Hugo Cabral); Didira, Rubens e Jhon Cley (Pingo)
Vila Nova: Mateus Pasinato; Wesley Matos, Diego Giaretta, Gastón Filgueira e Moacir; Geovane, Wellington Reis, Alan Mineiro (Washington), Mateus Anderson (Léo Itaperuna) e Lucas Braga; Alex Henrique (Rafael Silva)
Placar: Jhon Cley, aos 44 minutos do primeiro tempo; Rafael Silva (2), aos 18 minutos do segundo tempo e aos 45 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO: Leo Simão Holanda (CE) Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) E Jailson Albano da Silva (CE)
INCIDENCIAS: Partida válida pela vigésima sétima rodada da Série B, Disputada no Rei Pelé, em Alagoas.

Rafael Silva foi o nome do jogo. Autor de dois gols, o atacante fez o resultado que garantiu a vitória do Vila Nova por 2 a 1, de virada, em cima do CSA, em partida válida pela vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Com o Vila Nova levando mais perigo no início do jogo, era de se imaginar que os visitantes incomodariam os alagoanos. Alan Mineiro fez boa cobrança de falta e coloca a bola na cabeça de Wesley Matos, que desviou pela linha de fundo.

A resposta do CSA foi rápida. O volante Pio, em mais uma cobrança de falta, levou perigo em lance venenoso. Mesmo de longe, o jogador cobrou direto e obrigou Mateus Pasinato a fazer boa defesa. Em mais uma bola parada, os alagoanos chegaram mais uma vez. Após cobrança de escanteio, Celsinho cabeceou bem e assustou a defesa goiana

No fim do primeiro tempo, a recompensa pelos constantes ataques chegou. Em cruzamento na área, a bola fica viva na defesa goiana e Jhon Cley gira bonito para abrir o placar, e colocar os alagoanos, temporariamente, na liderança.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O segundo tempo começou com o CSA buscando o segundo gol. Daniel Costa e Pio fizeram boa jogada ensaiada, e o camisa 10 fez o goleiro salvar mais uma bola parada.

Foi quando a estrela de Rafael Silva começou a brilhar. Em apenas seu terceiro jogo, o atacante usou da garra para empatar o jogo. Após cruzamento rasteiro de Wellington Reis, Rafael Silva deu um carrinho para alcançar a bola e dar uma sobrevida aos goianos.

O jogo ganhou ares de emoção. Com as equipes equilibrando bem as chances de ataques, Rafael Silva usou sua estrela para dar a vitória para o time do Tigre. Aos 45 minutos, o atacante recebeu passe na direita e carregou para dentro da área, onde chutou rasteiro para vencer o goleiro e decretar a virada dos goianos.

Com a vitória o Vila Nova soma 43 pontos e entra no G-4, pelo menos até o fim da rodada. Já o CSA se mantém na segunda posição, e perde a chance de assumir a liderança.