Goiás enfrenta vice-lanterna Sampaio Corrêa para continuar sonhando com acesso
(Foto: Divulgação/ Goiás)

Goiás enfrenta vice-lanterna Sampaio Corrêa para continuar sonhando com acesso

Time esmeraldino ainda busca volta à Série A; Sampaio tem chances remotas de permanecer na Série B

zeca5
Zeca Lemos

Após o Fortaleza garantir seu acesso, a briga pelo restante das vagas para a Série A continua e um dos postulantes é o Goiás, que recebe o Sampaio Corrêa, vice-lanterna, no Estádio Olímpico, nesta segunda-feira. Com início às 20h (de Brasília), a partida é válida pela 35ª rodada da Série B. Já o time maranhense tem chances muito pequenas de não cair.

Goiás quer retomar caminho das vitórias para ascender à Série A

O esmeraldino agora tenta esquecer os erros das rodadas passadas. Após as derrotas para CRB e Avaí e o empate sofrido nos acréscimos contra o Criciúma, o Goiás permanece no G-4 e só depende de si mesmo para conquistar uma vaga na Série A no próximo ano. Por causa disso, a equipe não liberou informações de treinos e escalações, mas o que sabe é que Giovanni retorna de suspensão e que o técnico Ney Franco não poderá contar com David Duarte, suspenso. O zagueiro recebeu o terceiro amarelo e dá lugar, muito provavelmente, a Edcarlos.

Pela frente, o Goiás possui adversários que, na teoria, são mais fracos: além de Sampaio Corrêa, pega Coritiba, Oeste e Brasil de Pelotas. No entanto, mesmo tendo iniciado de forma irregular e figurando até mesmo na zona de rebaixamento, a equipe se descuidou e viu não só o título, agora muito distante, como o acesso ameaçados. Para garantir a subida, precisa vencer pelo menos três das quatro partidas restantes.

Sampaio em clima de desânimo

Para o Sampaio Corrêa, a situação é totalmente diferente. Em 34 partidas, foram apenas oito vitórias e oito empates, sendo que as derrotas chegam a somar 18. A última foi contra o CSA em casa, na última sexta-feira, quando começaram perdendo, conseguiram a virada, mas não suportaram a pressão dos alagoanos.

Abalado com o resultado, o técnico Marcinho Guerreiro não escondeu o desânimo após a derrota. “A gente fica triste porque foram três gols de vacilo e as coisas não andam. É lamentável a situação que a gente vive. Futebol precisa de concentração”, disse.

Para tentar não cair para a Série C, o Sampaio precisa não só vencer os quatro jogos restantes, como também necessita torcer para que outras equipes tropecem. Contra o Goiás, o time não poderá contar com o lateral Luis Gustavo, que foi expulso contra o CSA.

 

 

VAVEL Logo