Buscando garantir acesso, CSA recebe Atlético-GO
(Foto: Divulgação/ CSA)

Buscando garantir acesso, CSA recebe Atlético-GO

Time alagoano precisa ganhar do Dragão e torcer para que Londrina perca e Ponte Preta não vença

zeca5
Zeca Lemos

A combinação de resultados está praticamente "cravada" na mente de jogadores e torcedores do CSA na Série B pensando na garantia do acesso antecipada. Isso porque, jogando no sábado (10) frente ao Atlético-GO no estádio Rei Pelé às 17h (horário de Brasília), ganhar o seu compromisso não basta para conseguir o objetivo.

O Azulão tem 58 pontos ganhos, quatro unidades à frente do Londrina (5° colocado) e Ponte Preta, em sexto lugar. E, para que a distância dos alagoanos no momento que restarem dois jogos seja inalcançável, é necessário que os paranaenses percam o embate frente ao Oeste em Barueri (também sábado às 17 h) e que a Macaca no máximo empate frente ao Juventude em Caxias do Sul nessa sexta-feira (9) às 20h30.

Já o Dragão joga aquela que certamente pode ser considerada a última cartada pensando em chegar ao G-4 por hoje ocupar a sétima posição com 52 pontos. Isso porque, se o time goiano não vencer, precisará de uma combinação de resultados ainda maior do que o CSA para meramente seguir com possibilidades matemáticas de subir.

CSA sonha com garantia de acesso, mas prega cautela

Foco e concentração. Essas são as palavras preconizadas pelo técnico Marcelo Cabo para a decisão com o Atlético-GO, no jogo que pode marcar o acesso do CSA à Série A do Campeonato Brasileiro. Após comandar o último treino antes da partida, o treinador conversou com a imprensa, rechaçou o clima de euforia, confirmou que Didira está relacionado, pregou respeito ao adversário, lembrou que o Dragão ainda tem chance de subir, mas afirmou que o time está concentrado totalmente na partida deste sábado (10). 

"A gente tem que focar e concentrar nesse jogo como mais um jogo importante da competição. Aqui, da minha parte e dos meus comandados, não se fala em acesso, nem em Série A. A gente fala de mais um grande compromisso, com respeito muito grande ao Atlético. Vamos focar nesse jogo como focamos em todos os jogos em casa, para que possamos ter uma equipe competitiva e buscar os nossos objetivos dentro da partida", afirmou o comandante.

Dragão quer manter esperança de subida viva

O confronto com o CSA marca a chance do Dragão ainda permanecer vivo na luta pelo acesso. Vencer é a única forma de o Atlético-GO se manter com chances. O treinador Wagner Lopes promete empenho da equipe para ganhar fora de casa e continuar sonhando.

"Temos um grupo de homens honrados e vamos lutar até o último momento. Não jogamos a toalha. Acreditamos no nosso time e sabemos que temos qualidade. Infelizmente, não depende só de nós, mas no futebol nada é impossível. Matematicamente ainda estamos na briga e falo para o jogar acreditar na classificação (acesso) até o último instante", disse o técnico.

VAVEL Logo

    Futebol Brasileiro Notícias

    há 2 horas
    há 2 horas
    há 2 horas
    há 4 horas
    há 16 horas
    há uma hora
    há 19 horas
    há 16 horas
    há 5 horas
    há uma hora
    há 3 horas