Sem vencer, América-MG busca reabilitação na Série B
Foto: Mourão Panda / América

Sem vencer, América-MG busca reabilitação na Série B

Com apenas um ponto em três jogos, time americano busca primeira vitória na competição

eduarda-goncalves
Eduarda Gonçalves

O América-MG conquistou seu primeiro ponto na Série B do Campeonato Brasileiro 2019, e o empate marcou a estreia do técnico Maurício Barbieri no comando do time alviverde.

Mas, com um início ruim na competição - sem marcar nenhum gol -  e sem vencer há quatro jogos na temporada, o caminho do Coelho rumo ao acesso a série A será árduo.

Coelho está no Z-4 há duas rodadas e busca recuperação

Três jogos, duas derrotas e um empate, de longe o início de campeonato esperado pela torcida americana, o pior início do Clube no atual formato de disputa da Série B. Com mudança no comando técnico, o América tenta esquecer os dois primeiros jogos, e respirar novos ares. O empate com o Criciúma fora de casa trouxe ‘alívio’. Mas, Maurício Barbieri não faz milagres e não espera um, como afirmou após o fim da partida contra o Criciúma.

"O América não vai alcançar o topo da tabela só por conta da camisa ou só por ser o América. Precisa trabalhar muito, colocar o bumbum no chão, pois Série B é muito disputada, muito equilibrada e a gente tem que fazer por merecer", ressaltou o treinador.

Camisa não ganha jogo, planejamento e estratégia, sim. E a primeira partida deixou claro que o treinador segue à risca o que planeja, e que aos poucos a equipe se adequa à filosofia de jogo de Barbieri. O time inicia a semana de treinamentos com foco não só em buscar o primeiro triunfo, mas, conquistar os três pontos como mandante.

Um duelo de gigantes em busca da vitória

Se de um lado o América vem de um empate nada cativante contra o Criciúma, o seu próximo adversário o Sport, vem de um zero a zero pouco atrativo também. Mais do que a coincidência dos resultados dos últimos jogos, os times têm o mesmo objetivo no confronto próximo: a primeira vitória na competição. 

Separados por cinco equipe na tabela de classificação, o Sport na 13° posição tem três empates, enquanto o alviverde tem duas derrotas e um empate e está no Z-4, na 18° posição da tabela. 

Para mudar a realidade do Coelho e começar a recuperação do time, o técnico Maurício Barbieri terá uma semana inteira de trabalhos com a equipe americana para corrigir falhas percebidas durante a primeira partida. 

Um dos destaques do jogo contra o Criciúma, o goleiro Jori, substituiu o defensor titular da meta alviverde Fernando Leal, que sentiu dores no joelho direito. Jori que ficou dez meses sem atuar devido a uma lesão nos meniscos lateral e medial do joelho esquerdo, avaliou a chance recebida. 

“Fiquei afastado por um tempo, e a gente quer jogar a todo momento. Mas, não deixei de trabalhar em momento algum, para que ao aparecer a oportunidade, eu estivesse preparado. Quando a gente menos espera ela aparece, e pude ir bem no jogo”, frisou.

O arqueiro americano ainda falou sobre a oportunidade dada pelo técnico Maurício Barbieri.

“Em momento algum nos treinos eu fico desmotivado ou triste. sempre tento mostrar o meu potencial e dar o meu melhor dentro de campo e agradeço a ele pela confiança, me dá segurança”, ressaltou.

O América volta a campo pela Série B no domingo (19), contra o Sport, às 16h, na Arena Independência, pela quarta rodada da série B do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo