Em duelo de sete gols, América-MG bate Londrina de virada e sai da zona de rebaixamento
 Foto: Mourão Panda / América

Em duelo de sete gols, América-MG bate Londrina de virada e sai da zona de rebaixamento

Coelho buscou o resultado e faturou quatro posições na tabela, enquanto o Tubarão permanece em terceiro

izabellefranca
Izabelle França
América-MGJori; Diego Ferreira, Paulão, Pedrão e João Paulo (Sávio); Zé Ricardo, Willian Maranhão, Juninho, Matheusinho e Felipe Azevedo (Neto Berola); Júnior Viçosa (Luiz Fernando). Técnico: Felipe Conceição
LondrinaMatheus Albino; Raí Ramos, Augusto, Marcondes (Silvio) e Breno; Anderson Leite (França), Anderson Oliveira, Denner (Bruno Paulista) e Higor Leite; Paulinho Moccelin e Safira. Técnico: Alemão

Haja coração e garganta para comemorar a cada momento das redes balançadas. Na noite desta terça-feira (7), o América-MG derrotou o Londrina por 4 a 3, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Paulão, Júnior Viçosa (duas vezes) e Zé Ricardo garantiram a festa do Coelho. Anderson Leite,  Willian Maranhão (contra) e Paulinho Moccelin fizeram para o LEC.

Somando 14 pontos, a equipe mineira ganhou quatro posições e está no 16º. Na parte de cima da tabela, o Tubarão permanece no terceiro lugar, com 24.

Tubarão em ondas alviverdes

Em busca da reação, os donos da casa entraram ligados e com pés calibados. Pelo lado direito do campo, William Maranhão levou para o meio e arrematou forte de longe. Matheus Albino pulou onde a coruja dorme para espalmar. O Tubarão não se intimidou e deu a resposta ao balançar as redes. Aos 11', Anderson Leite partiu em contra-ataque, tabelou com Paulinho Moccelin, e chutou na saída do goleiro.

Aos 24', Diego Ferreira mostrou força no braço e cobrou lateral na área. Felipe Azevedo domina e bateu cruzado, mas o camisa 1 londrinense fez a defesa. Quatorze minutos depois, o atacante foi acionado e mandou uma bomba e Albino sujou o uniforme. Nos acréscimos da etapa inicial, João Paulo cobrou falta na área. Paulão apareceu entre a zaga e cabeceou firme, sem chances para o arqueiro. Porém, o visitante voltou a ficar na frente. Breno fez lançamento. Safira arremata, mas William Maranhão bate na bola, que morre contra o próprio patrimônio.

Show de gols e vitória mineira

No recomeço da partida, o América ficou em cima do Londrina e conseguiu o pênalti. Neto Berola fez boa jogada individual e encontrou Júnior Viçosa na área. O atacante disputou com Marcondes e foi derrubado. Na cobrança, o camisa 33 deslocou Matheus Albino e estufou as redes. Com o passar do tempo, o Tubarão encontrou dificuldades de sair jogando e facilitou a vida do adversário para ampliar. Aos 28', Berola cruzou na segunda trave, Viçosa ganhou da marcação e desviou de cabeça.

Um minuto se passou para a torcida comemorar, entretanto foi a do time de Paraná. Após a saída de bola, Higor Leite alçou para  Paulinho Moccelin, que saiu da marcação e encobriu Jori. O último tento veio dos pés de Zé Ricardo. Matheusinho recebeu na esquerda e rolou para o volante, que de bico mandou no cantinho. 

VAVEL Logo