Elias garante vitória do Atlético-MG diante do La Equidad pela Sul-Americana
Foto: Bruno Cantini/ Atlético-MG

Elias garante vitória do Atlético-MG diante do La Equidad pela Sul-Americana

O Galo começou perdendo logo no início da partida, num jogo de VAR, pênalti, gol anulado e expulsão

bethaniaq
Bethânia Quiareli

O Atlético-MG levou susto e chegou a sair atrás no placar, mas conseguiu fazer o dever de casa e vencer o La Equidad no Independência por 2 a 1, com gols de Jair e Elias.  O jogo marcado com muitas polêmicas, VAR, pênaltis, expulsão e emoção até o fim.

O primeiro tempo começou bastante agitado, logo aos 3 minutos de jogo, Elias acertou um chute a barriga de Motta, na tentativa de tirar a bola da área e com isso pênalti para a equipe colombiana, Camacho não perdeu a oportunidade e marcou para o La Equidad. O Galo sentiu o gol e se perdeu um pouco na partida, mas aos poucos voltou ao jogo e dominando o campo adversário. O gol de empate saiu aos 27' com Jair, mas aos 47 minutos levou um novo susto, dessa vez com Mahecha que subiu sozinho na área e acertou o travessão.

O jogo voltou do intervalo acelerado, logo aos 9', La Equidad teve González expulso após receber o segundo cartão amarelo, com um a mais em campo, o Galo teve o auxilio do VAR para marcar um pênalti a seu favor quando Jair foi emburrado na área colombiana. Cazares cobrou e o goleiro Novoa defendeu e no rebote Otero marcou, porém o juiz ouviu orientações dos árbitros de vídeo e anulou o gol devido o fato de Otero e Chará terem invadido a área antes da cobrança.

A virada atleticana saiu aos 34', quando Elias recebeu fora da área e arriscou com um belo chute, acertando o gol com a ajuda da falha do goleiro. O Atlético ainda perdeu algumas oportunidades de aumentar o placar, mas foram paradas com as defesas de Novoa.

Com a vitória do primeiro jogo, o Galo saiu na frente pela vaga nas semifinais da Sul-Americana e o jogo de volta será na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio El Campín, em Bogotá. O vencedor do confronto vai enfrentar o Colón, da Argentina nas semifinais, que eliminou o Zulia, da Venezuela.

VAVEL Logo