Mascote do Atlético tem atitude machista em apresentação de jogadoras e funcionário é afastado
Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

O mascote do Atlético-MG protagonizou uma cena lamentável durante a apresentação do time feminino no intervalo da partida do time masculino contra a Caldense, no último domingo (16), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte/MG, pelo Campeonato Mineiro. Na ocasião, o funcionário do clube, fantasiado de “Galo Doido” pediu que a atleta Vitória Calhau desse uma “voltinha” e ainda fez gestos machistas, como esfregar as mãos e levá-la até a boca.

Nas redes sociais, torcedores condenaram a atitude do mascote. O Atlético afastou o funcionário e lamentou o ocorrido em uma nota oficial nesta segunda-feira (17).

Íntegra da nota do Atlético

"Sobre o episódio ocorrido na tarde de ontem, envolvendo a atleta Vitória Calhau, o Atlético lamenta e repudia o comportamento do funcionário, que foi sumariamente afastado.

Pedimos desculpas à nossa atleta, às demais jogadoras e a todas as torcedoras e torcedores pelo lamentável ato."

VAVEL Logo