Atlético-GO elimina Santa Cruz nos pênaltis e segue na Copa do Brasil
Foto: Reprodução/Atlético-GO

O Atlético-GO se deu bem e continua na Copa do Brasil. A equipe goiana despachou o Santa Cruz nas penalidades por 4 a 2, após empate em 1 a 1 no tempo normal e seguirá agora para terceira fase do torneio. 

Agora o próximo adversário será São José-RS que eliminou a Chapecoense nesta fase. O sorteio do mando de campo será definido na sede da CBF nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro.

O jogo

A partida começou com os donos da casa com o domínio e se impondo. Tanto que aos 13 minutos, o gol acabou saindo dos pés de Renato Kayser. O atacante recebeu de Ferrareis, que construiu o contra-ataque e tocou para o camisa 9 que girou e bateu no canto direito do goleiro Maycon.

Depois disso, o emblema pernambucano começou a sair para o jogo e a passou a se utilizar das bolas longas para chegar ao gol adversário. E a insistência com mais a retração do conjunto rubro-negro, resultou no empate do "Coral" ao minuto 38 com o atacante Patrick Nonato. Ele que havia acabado de entrar no lugar de Victor Rangel que sentiu dores e teve que ser substituído aos 35 minutos.

Na segunda etapa, o Santa Cruz fez uma alteração trocando João Cardoso por Chiquinho e os visitantes tentou de todas as maneiras, segurar o ímpeto do Atlético-GO, mas a construção ofensiva estava galopante e os cruzamentos e finalizações foram a tônica do segunda etapa.

A situação ficou pior para o "Coral" quando Paulinho aos 27 minutos tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso, obrigando o Santa a jogar com um a menos. O lateral Reginaldo beliscou uma bola no travessão aos 29 minutos, deixando a torcida no Estádio Olímpico enlouquecida.

Os mandantes trocaram o volante Marlon Freitas pelo atacante Júlio César  e botou toda a equipe no campo ofensivo. Mas o Atlético-GO teve uma bela chance com Júnior Brandão que esteve livre na grande área  jogou a bola por cima, sem goleiro aos 35 minuto. 

Sabendo da pressão insuportável, a equipe pernambucana se recuou tirando o meia Didira e colocando o volante Bileu para segurar as ações goianas. O rubro-negro ainda lançou mais uma peça de frente: Mateus Vargas no lugar de Jorginho, mas as alterações feitas não adiantaram muito, pois o Santa Cruz conseguiu levar a decisão para as penalidades máximas.

Pênaltis

O Santa bateu primeiro com Chiquinho e o goleiro Kozlinski defendeu. Logo depois, o Atlético-GO converteu com Matheusinho. A bola ainda bateu na trave antes de morrer no fundo das redes. Depois, Fabiano, Toty e André (Santa Cruz), Renato Kayser, Matheus Vargas, Júnior Brandão (Atlético-GO) foram acertando as suas cobranças. 

E na última oportunidade, o zagueiro William Alves chutou em cima de Kozlinski e desta forma, o "Dragão" continua na Copa do Brasil ,além de faturar R$ 1 milhão e meio de reais.

VAVEL Logo