Santos lucrará três milhões de reais com venda do meia Serginho
Foto: Reprodução/Changchun Yatai

A venda do meia Serginho, ex-Kashima Antlers ao Changchun Yatai renderá ao Santos  três milhões de reais. Aos 25 anos, o brasileiro foi contratado em janeiro pelo time da segunda divisão chinesa por 2,6 milhões de euros, cerca de 14 milhões de reais.

A quantia que pertencente ao Peixe se dá pelos 20% dos direitos econômicos do atleta, além da garantia legislativa da Lei Pelé, que prevê um valor destinado ao clube formador em cada transação profissional.

Carreira

Revelado em 2014, Serginho jogou por 49 vezes no time da Vila Belmiro. Cedido por empréstimo ao Vitória, Santo André e América - MG, este último clube, onde se destacou no primeiro turno do Brasileirão em 2018, foi vendido em agosto para o Kashima Antlers - JAP.

Custando R$ 14 milhões ao antigo clube de Zico, Serginho rapidamente se tornou ídolo no futebol japonês. Titular absoluto da equipe, liderou a artilharia do time na campanha do título da Champions League Asiática, com cinco dos seis gols.

Anunciado ao final de janeiro, Serginho trocou o Japão pela China, onde defenderá o Changchun Yatai em uma transferência de 2,6 milhões de euros. Com status de principal reforço, Serginho ostenta 31 gols em 76 jogos pelo antigo clube.

Seguindo a orientação mundial provocada pelo coronavírus, o meia brasileiro ainda não estreou em seu atual clube devido à pandemia. Apesar de estar na China há dois meses, não há previsão de retorno do campeonato, sendo assim, sem previsão para sua estreia.

VAVEL Logo