Dodô vira prioridade e Cruzeiro deve ter safra caseira de laterais esquerdos
Foto: Angel Drummond/Cruzeiro

Ricardo Drubscky, diretor de futebol do Cruzeiro, sinalizou de forma positiva possível reintegração de Dodô ao elenco celeste em entrevista à Rádio Itatiaia, após insucesso do lateral no acionamento ao clube à justiça, quando cobrou o cumprimento de seu contrato realizado na era Wagner Pires de Sá.

O clube, diante deste fato, pode frear a buscar por lateral-esquerdo e depositar maior prioridade ao jogador de 28 anos, que chegou em 2019, emprestado pelo Sampdoria, da Itália.

Tendo convivido com a concorrência do identificado Egídio, Dodô participou de 28 jogos pela Raposa - 10 vitórias, 8 empates e 8 derrotas - e fez um gol. Pelo Campeonato Brasileiro, do ano passado, atuou em 18 - iniciou 14. Apesar de banco, teve superioridade em cruzamentos certeiros ao seu concorrente - deve-se levar em consideração, é verdade, a menor quantidade de partidas. 26% de suas bolas aéreas foram precisas no torneio, enquanto Egídio acertou 18%, segundo dados do Sofescore

Inferior em duelos e disputa de bola ganhas em relação ao lateral esquerdo titular, Dodô, em contrapartida, perdeu menos a posse de bola, ilustrada em apenas 10.4 por partida, contra 17.4 de Egídio.

Com maior qualidade de saída para realizar a transição de defesa ao ataque e cruzamento mais calibrado, Dodô pode retornar em maior importância ao ano passado, necessitando, agora, de mais virtudes, se concretizado seu retorno.

Com potencial, certa habilidade e passagens por equipes como Corinthians, Sampdoria, Inter de Milão e Santos - este último com boa passagem em 2018 -, irá se deparar em um cenário que o favorece em termos de concorrência, daquele que chegou aprovado pela torcida e já conhece o Cruzeiro em tempos de base. 

Outros nomes para a posição 


Patrick Brey, de 22 anos, é outro que deve retornar à Toca da Raposa II, onde atuou em 2018 e fez 8 jogos. Atleta está atualmente emprestado ao Ferroviaria, de São Paulo. Outro que pode retornar de empréstimo é Victor Luiz, que tem cinco jogos pelo Villa Nova e tem 22 anos.

VAVEL Logo