#EntrevistaVAVEL: Goleiro Paulo Gianezini fala sobre expectativa para retorno do Catarinense e exalta torcida do Criciúma
Foto: Celso da Luz/Criciúma EC

Criciúma é um dos mais tradicionais clubes do futebol catarinense e na atual temporada, vinha de uma campanha de recuperação no estadual, antes da parada definido a pandemia da Covid-19. Um dos principais nomes e responsáveis pela atual fase, é o goleiro Paulo Gianezini

Na temporada passada ele se destacou no São Luiz de Ijuí, na época comandada pelo treinador Paulo Henrique Marques. Em 2019, o clube do interior do Rio Grande do Sul, realizou uma das suas melhores campanhas da história, sendo quarto colocado no torneio.

Gianezini é natural da cidade de Encantado, no interior do estado. Começou sua carreira nas categorias de base do Internacional. No Rio Grande do Sul ainda passou por Lajeadense, Passo Fundo, Nova Prata e Guarani de Venâncio Aires. O arqueiro do Tigre que conversou com a Vavel Brasil sobre seu atual momento no Criciúma e a parada por conta da Covid-19.

Vavel Brasil: Santa Catarina vai ser um dos primeiros estaduais a retornarem após a parada por conta da pandemia. Como os jogadores do Tigre estão vendo este retorno e qual a expectativa para esta volta? 

Paulo Gianezini: Estamos muito felizes com o retorno, em poder trabalhar novamente. Estamos ansiosos para o início da competição, que está logo aí, no início de Julho. 

Vavel Brasil: Logo na volta o time vai enfrentar o Marcílio Dias, pelas quartas de final do catarinense. No primeiro turno as equipes empataram em 1 x 1, acha que está parada serviu para ajustar algumas coisas e poder ter mais calma para os objetivos da temporada? 

Paulo Gianezini: Será um confronto muito duro. É uma equipe que foi muito regular na primeira fase. Sob a parada, ela pode ser benéfica , desde que tenhamos nos preparado nesse período.

 

Vavel Brasil: No São Luiz você foi um dos maiores destaques do time comandado pelo Paulo Henrique Marques, tanto que acabou se transferindo para o Criciúma. Considera aquele momento um dos mas importantes da tua carreira? qual a importância do clube gaúcho e do treinador na tua evolução ano passado? 

Paulo Gianezini: Sim. Está entre os Top 3 de melhores momentos na carreira. É um divisor de águas o São Luiz, clube muito organizado, tanto dentro como fora de campo. Sob o PH Marques, também está no Top 3 dos treinadores. Sabe trabalhar o grupo de forma integral, valorizando sempre o alto desempenho no dia a dia, e individualmente falando, o modelo de equipe que ele costuma usar, beneficia o jogo com os pés dos goleiros, assim evoluímos muito nessa questão.

Vavel Brasil: Ano passado você acertou sua renovação de contrato com o clube até dezembro deste ano. Acredita que a parada por conta da pandemia pode atrapalhar uma nova renovação? 

Paulo Gianezini: Acho que é muito cedo pra fazermos uma projeção, e temos ainda competições pela frente. Agora é focar no momento e deixar nas mãos de Deus o que está por vir.

Vavel Brasil:  Depois da temporada no São Luiz você foi contratado pelo Criciúma e rapidamente a torcida te abraçou. Quais os fatores que você acredita que foram fundamentais para a tua rápida adaptação no clube? Pode-se dizer que a paixão da torcida ajudou de alguma maneira? 

Paulo Gianezini: Primeiramente a torcida carvoeira é diferente, muita paixão pelo tigre.

O torcedor abraça o momento que vivemos, principalmente na nossa posição, e como na maioria dos jogos fui regular, isso ajudou, mas contando também com a parte profissional e pessoal fora de campo, onde sempre mantive minha conduta. 

Vavel Brasil: O que a torcida do clube pode esperar do Paulo Gianezini nesta temporada e até onde o clube pode chegar?

Paulo Gianezini: Pode esperar muito comprometimento, é o que facilita o desempenho dentro de campo. Vamos buscar o catarinense e em seguida a Série C. É isso que queremos.

VAVEL Logo