Fortaleza desperdiça muitas chances, mas bate Guarany de Sobral e vai à final do Cearense
Tiago Orobó marcou o gol da classificação do Fortaleza à final do Cearense | Foto:  Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Quando as semifinais do Campeonato Cearense foram definidas, ninguém duvidava de que o Fortaleza seria muito favorito no confronto diante do Guarany de Sobral. Além do poder de investimento e qualidade dos seus jogadores muito acima, tinha um trabalho de preparação por trás, bastante afetado pela pandemia do novo coronavírus, que forçou o Guarasol a lutar incansavelmente contra os adversários e suas limitações. A semifinal chegou e isso ficou bem provado.

Em partida disputada na noite deste sábado (18), na Arena Castelão, em Fortaleza/CE, o Leão do Pici abusou de perder gols. Dominante do início ao fim sem grandes esforços, a equipe venceu por 1 a 0, com gol marcado por Tiago Orobó, e avança à decisão na luta pelo bicampeonato estadual. O adversário será conhecido neste domingo (19), quando Ceará x Ferroviário se enfrentam pelo Clássico da Paz.

No primeiro lance da partida, o Guarany foi ao ataque e mostrou que estava em campo. Após cochilo da defesa mandante, Léo avançou sozinho e Felipe Alves fez boa defesa. A partir deste momento, as grandes dimensões do Castelão e a força do Fortaleza se destacaram. O time trocava passes no campo de ataque e encurralava o oponente em seu próprio campo. A partida ficou paralisada por cinco minutos por queda no fornecimento de energia elétrica. O jogo foi reiniciado ainda que a situação não tivesse completamente normalizada. O retorno favoreceu o Leão do Pici. Lançado de vez ao ataque, veio o gol. Aos 22 minutos, Osvaldo cruzou, Éderson escorou e Tiago Orobó marcou seu primeiro tento com a camisa tricolor.

No segundo tempo, o domínio ficou ainda maior. Os atacantes tinham boas chances de marcar, mas esbarravam em dificuldades. Éderson não conseguia acertar o alvo e acumula sequência de gols perdidos na partida, Osvaldo também não acertava a pontaria. Edson Cariús entrou e ficou no quase. Mas o destaque do Guarany de Sobral foi o goleiro Dionatan. Quando exigido, fez defesas providenciais que impediram um placar maior. Rogério Ceni trocou todas as peças de ataque durante a etapa complementar, mas o placar não foi alterado, também pelo cansaço e intensidade diminuída com o fim da partida.

VAVEL Logo