Dobradinha! Ceará fatura Copa do Nordeste contra Bahia pela segunda vez consecutiva
Foto: Divulgação/Copa do Nordeste

Comemora torcedor do Ceará! De forma invicta, o Vozão sagrou-se campeão da Copa do Nordeste pela segunda vez consecutiva em cima do Bahia, no Estádio de Pituaçu. Os comandados de Guto Ferreira venceram por 1 a 0, sendo o agregado 4 a 1. O atacante Cléber marcou o gol na noite desta terça-feira (4).

A história se repete para os cearenses. Como em 2015, ano da primeira conquista,  o Alvinegro conquistou o título contra o próprio Tricolor. Com a taça erguida, o Ceará entra nas oitavas de final na próxima edição da Copa do Brasil.

Com placar adverso, o Esquadrão do Aço partiu para cima. Logo aos sete minutos, Fernandão soltou uma pancada na meia-lua. Fernando Prass, bem posicionado, defendeu em dois tempos na linha da baliza. Cansando de cadenciar a partida, o Vozão foi para a resposta, com algumas bolas aéreas, mas sem sucesso. 

Aos 22’, Rodriguinho levantou na área. Fernandão desviou na segunda trave, a bola resvalou em Fabinho e saiu. Jogadores do Bahia pediram toque de mão. O VAR analisou e marcou apenas escanteio. Afobado, o time Roger Machado dominava as ações ofensivas. Rodriguinho tentou avançar pelo meio, Fernandão calibrou o pé e mandou por cima do travessão.  Apesar de não aparecer no campo adversário, o Ceará não cedeu espaços e bloqueou os ataques laterais.

Logo no início do segundo tempo, o Alvinegro perdeu o meia Vina. Ele sentiu a coxa e precisou ser retirado de maca. Rafael Sobis entrou em seu lugar. Aos 15', Leandro Carvalho avançou pelo corredor da esquerda, cercado por três, acabou perdendo a bola. Porém, Bruno Pacheco recuperou e cruzou rasteiro. Cléber teve apenas o trabalho de escorar, aproximando o Vozão do título.

Quatro minutos depois, Elber partiu em velocidade, mas foi parado com falta. Clayson bateu com perigo e Prass colocou para fora. Aos 37', Fernandão é acionado na entrada da área. O atacante girou e bateu mascado. A bola sobrou fácil para o goleiro.

VAVEL Logo