“Uma das melhores decisões da vida”, Romário se declara ao Flamengo no aniversário do clube
Foto: Reprodução Redes Sociais

No dia do aniversário de 125 anos do Flamengo, mais um ídolo do clube se declara nas redes sociais. Usando referência à troca do Barcelona pelo Rubro-Negro em 1995, Romário parabeniza seu ex-clube afirmando ter sido uma das melhores escolhas de sua vida.

Revelação Cruzmaltina do final dos anos 80, Romário viveu seu auge na década seguinte. Campeão do mundo em 1994, no tetracampeonato da seleção brasileira nos Estados Unidos, o baixinho surpreendeu a todos o na época, quando optou por sair do Barcelona, onde era o melhor jogador do mundo, e voltar ao Rio, mas para defender o Flamengo.

Com direito à provação ao Vasco, declarações de amor ao arquirrival e o sonho de voltar a ser feliz em sua terra natal, Romário defendeu o Rubro-negro em três vezes, durante 1995 até 1999. 

Em sua página no Facebook, o ex-jogador se declara ao Flamengo: “Eu poderia escolher entre ficar na Europa ou voltar a ser feliz. Foi uma das melhores decisões da minha vida, não me arrependo nunca e faria de novo... Tenho muito orgulho de ter feito história do Flamengo e contribuído com o clube...” ressalta o agora político, em seu perfil oficial.

Romario no Flamengo é considerada a maior contratação da história do futebol brasileiro. Não pelos 12 milhões de dólares da época, mas sim pelo impacto. O atacante dos mil gols é o único jogador até então, com o posto de melhor do mundo, a trocar a Europa pela América do Sul no ápice da sua carreira.

Apesar de ir por empréstimo ao Valencia/ESP uma temporada mais tarde, Romário voltaria ao Fla, apesar de uma nova saída para o time espanhol fosse ocorrer em 1997.

O baixinho que novamente estava disposto a voltar para casa, teve sua terceira passagem pelo Flamengo em 1998. Foi artilheiro do Cariocão pela quarta vez consecutiva, mas o grande baque de sua carreira veio em seguida, quando foi cortado da Copa do Mundo daquele ano. Romário perderia a vaga para Edmundo, que vivia melhor fase no Vasco.

Antes de encerrar mais um capítulo no clube do coração, Romário faria sua melhor temporada na Gávea. Em 1999 foi destaque do time campeão da Copa Mercosul, apesar de ter o contrato rescindido antes do título. 

Com 204 gols em 240 jogos, deixou o clube como 4° maior artilheiro da história, mas nos anos seguintes defendeu as cores de Vasco, Fluminense e novamente o Vasco, por onde se aposentou em 2007.

VAVEL Logo