Atlético-MG perde pênalti, mas bate Athletico em jogo equilibrado
Foto: Maurício Mano/Athletico Paranaense

Em jogo equilibrado, o Atlético-MG venceu o Athletico por 1 a 0, com gol de Eduardo Vargas. O time mineiro ainda perdeu um pênalti e teve dois gols anulados. Na Arena da Baixada, quem pensou que o time de Sampaoli iria massacrar os mandantes se enganou. A partida foi marcada pela forte marcação que o time curitibano conseguiu fazer sobre a equipe mineira.

Somar três pontos foi essencial para o Galo, que segue na caça ao líder São Paulo. Já a derrota em casa breca a reação do Furacão na tentativa de pegar o elevador e subir na tabela.

Estratégias

Para tentar vencer o segundo colocado, o Athletico Paranaense foi assim à partida: Santos; Erick, Pedro Henrique, Zé Ivaldo, Abner; Richard, Christian, Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Renato Kayser. A proposta do Furacão era se infiltrar pelas brechas deixadas ao meio e lateral. Com Carlos Eduardo e Nikão fazendo a ultrapassagem e Léo Cittadini chegando à frente como apoiador. Erick e Abner também subiram pelas laterais, jogando como alas mais recuados, às vezes. Renato Kayser centralizou na área para subir em bolas paradas e fazer o pivô.

O Galo entrou na partida com o seguinte time: Éverson, Guga, Gabriel, Júnior Alonso, Guilherme Arana; Allan, Hyoran, Matías Zaracho; Savarino, Keno e Eduardo Vargas. O Atlético desceu pelo lado com Keno e Guilherme Arana constantemente, a estratégia era fazer uma pressão alta no ataque, de forma que o time recuperasse a bola rapidamente. Hyoran e Zaracho ajudaram pela frente e deixaram Allan livre para proteger as laterais, diminuindo as brechas e espaços disponíveis para que o Athletico-PR jogasse. Vargas flutuou pela grande área, vezes invertendo com Zaracho e recuando um pouco mais.

A partida em lances pontuais

Aos 16' Eduardo Vargas recebeu cruzamento de Keno e mandou para dentro do gol. O gol foi anulado poucos minutos depois. Aos 31 minutos, Keno bateu pênalti no cantinho e Santos defendeu. Já aos 43', o Galo marcou. Eduardo Vargas recebeu na ponta e chutou forte para o fundo das redes.

Pelo segundo tempo, logo aos 4 minutos, Vargas marcou golaço, novamente impedido. Aos 27' Renato Kayser cabeceou com perigo para fora. Diferente do costumeiro, o time de Sampaoli tem se tornado efetivo e pragmático. Sem retrancar, logicamente, o time hoje é mais equilibrado que ofensivo. Diferente do que acontecia há alguns jogos anteriores, a defesa é mais bem postada e o ataque tem mais efetividade.

Próximos compromissos

Athletico Paranaense enfrentará o Bragantino no próximo domingo (20), pelo Brasileirão. O Atlético Mineiro enfrentará o São Paulo na quarta-feira (16), em duelo importante para definição da liderança do Brasileirão 2020.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo