Análise: Flamengo enfrenta campeões e estreante pelo Grupo G da Libertadores
Parte do elenco atual do Flamengo perfilado na competição de 2019. 
Foto: (Marcelo Cortes/Flamengo)

Na tarde desta sexta-feira, a Conmebol sorteou os confrontos da fase de grupos da Libertadores 2021. O Flamengo foi o cabeça de chave do grupo ''G'', um grupo forte e considerados por muito como o ''grupo da morte'' conta com LDU (EQU) que possui um título da competição, também conta com outro campeão que é o Vélez Sarsfield (ARG), e o inédito Unión La Calera (CHI). A VAVEL Brasil separou cada detalhe das equipes adversárias

LDU,  campeã em 2008

A Liga Deportiva Universitaria mais uma vez estará no grupo do Flamengo, na última vez foi em 2019 quando as equipes se enfrentaram. O primeiro jogo foi no Rio de Janeiro com a  vitória de 3x1 do Flamengo, já em Quito a vitória de virada de 2x1 para os equatorianos, ambas as equipes se classificaram naquele ano.

A equipe tem um fator muito importante que é jogar em seu estádio Rodrigo Paz Delgado por conta da altitude de aproximadamente 2.800m acima do nível do mar. Também já participa com frequência na competição, já são 17 edições na bagagem, além disso, conquistou um título sobre o Fluminense no Maracanã em 2008.

O time não vem muito bem no campeonato nacional, apesar de estar invicto na competição, nos últimos seis jogos só venceu uma única partida, com quatro anos de comando o técnico Pablo Reppeto vem sendo bastante cobrado por parte da torcida.

Vélez, campeão em 1994

Um confronto marcado por goleada e violência entre Flamengo e Vélez na extinta Supercopa Libertadores de 1995, quando a equipe Rubro-Negra vencia seu rival por 3x0 no jogo de volta, Edmundo ensaia umas ''pedaladas'' e o lateral adversário o a agride, a confusão se generaliza e o árbitro da partida encerra o jogo.

Apesar dos clubes argentinos serem os maiores campeões do torneio e terem uma forte tradição, o time de Buenos Aires não é um dos gigantes, possui apenas uma libertadores em 1994 contra o São Paulo.

O time vem em um bom momento no campeonato nacional, conta também com um elenco jovem e com uma grande promessa o meia-atacante, Luca Orellano de 19 anos, e com um velho conhecido Rubro-Negro o  Federico Mancuello ex-jogador do Flamengo.

Unión La Calera, o estreante 

Um clube novo e sem muita expressão vai estrear na maior competição do Continente, vai contar com um forte aliado que é a grama sintética de seu estádio. Vive um bom momento em sua história, se classificou para competição em um inédito segundo lugar do campeonato chileno, também ficou conhecida por eliminar dois brasileiros na Sul-Americana, no ano de 2019 a Chapecoense e em 2020 o Fluminense, vai estar no grupo de ''campeões''.

A equipe é responsável por ter revelado o zagueiro Figueroa e também o ídolo palmeirense Valdivia que ainda defende o clube.

VAVEL Logo