Após perda do título estadual, Mozart é demitido da Chapecoense
Foto: Márcio Cunha/ACF

Após oito partidas à frente da Chapecoense, com 50% de aproveitamento (três vitórias, três empates e duas derrotas), o técnico Mozart Santos é demitido um dia após a perda do título do Campeonato Catarinense de 2021.

O técnico foi bastante criticado pela torcida devido aos dois últimos jogos da final contra o Avaí pelo Catarinense. A escalação e mexidas na equipe, além da perda do título influenciaram na decisão da diretoria para rescindir o contrato.

O Verdão do Oeste visa a partida diante do Red Bull Bragantino, no próximo domingo, às 18h15, pela estreia no Campeonato Brasileiro, na Arena Condá. Na tarde desta quinta-feira, o elenco se reapresenta para iniciar a preparação.

NOTA OFICIAL DA CHAPECOENSE

A Associação Chapecoense de Futebol comunica, de maneira oficial, que Mozart Santos não é mais o técnico da equipe alviverde. A decisão do desligamento do treinador - juntamente com a do auxiliar técnico Denis Iwamura e do preparador físico Jackson Maciel Schwenber - foi deliberada após uma reunião realizada entre a diretoria do clube e o profissional.

No comando do time, foram oito jogos, três vitórias, três empates e duas derrotas. O clube agradece aos profissionais pelos serviços prestados neste período e deseja sucesso nos próximos compromissos.

VAVEL Logo