Mozart admite frustração após vice da Chapecoense: "Tinha convicção que iríamos reverter"
Foto: Reprodução/Chapecoense

A Chapecoense não conseguiu reverter o resultado e viu o Avaí conquistar o título do Campeonato Catarinense nesta quarta-feira (26). Após a derrota na Ressacada no jogo de ida, a partida de volta na Arena Condá terminou empatada em 1 a 1, sendo que o gol da Chape só veio no último lance da partida.

O técnico Mozart falou sobre o duelo, destacando que é necessário agora focar no Brasileirão.

"Primeiro tempo fomos bem, criamos chances boas, mas infelizmente não conseguimos manter o ritmo no segundo tempo. Demorei a abrir o time para não conceder os contra-ataques. Infelizmente não era o resultado que esperávamos. Tinha convicção que conseguiríamos reverter o resultado aqui. É difícil digerir um resultado desses, mas temos que virar a página, pois domingo já temos o Red Bull."

Diante do resultado negativo, o técnico afirmou que pretende seguir trabalhando. Questionado sobre demissão, falou que isso é decisão do clube.

"Em termos de desempenho, não conseguimos alcançar o que eu chamo de futebol e a responsabilidade é minha. Encaro de cabeça erguida, continuo acreditando no meu trabalho, nos meus jogadores. Vou continuar trabalhando. Essa decisão cabe ao clube. Entendo a insatisfação da imprensa e da torcida, mas pode ter certeza que o mais insatisfeito sou eu."

Mozart falou ainda sobre o grupo, assumiu a responsabilidade mais uma vez sobre o resultado e disse que pretende avaliar onde estão os erros para procurar melhorar.

"Não tenho uma vírgula para falar desse grupo de jogadores. A responsabilidade é sempre do treinador e eu não fujo das minhas responsabilidades. Agora é ver onde erramos, mudar o sistema tático. Tudo que estiver ao meu alcance eu vou fazer.", afirmou. "Cabe a mim ajustar o melhor esquema tático de acordo com as características dos jogadores. Com uma semana de treino não dá pra mudar tudo. Entendo que as pessoas são imediatistas, mas tem processos que são mais lentos", completou o comandante.

A Chapecoense estreia na Série A no domingo (30) diante do RB Bragantino, em Chapecó, às 18h15.

VAVEL Logo