Oitavas da Libertadores: Flamengo pega Defensa y Justicia com promessa de equilíbrio
Foto: Divulgação / Conmebol

Passar em primeiro no Grupo G até que não foi uma tarefa dificílima para o Flamengo neste primeiro semestre de 2021. Agora nas oitavas de final da Libertadores, após sorteio da Conmebol realizado nesta terça-feira (1º), o time de Rogério Ceni tem pela frente os argentinos do Defensa y Justicia, que avançaram em segundo do Grupo A.

Nas seis rodadas da fase de grupos, o Fla somou 12 pontos e segue invicto na competição — sendo também o quinto melhor ataque, com 14 gols feitos, atrás de Táchira (14), LDU (15), Atlético-MG (15) e Palmeiras (20). Entretanto, o mesmo Rubro-Negro também não vence há três partidas, com três empates seguidos. Ainda não é um sinal amarelo de atenção mas tal sequência precisa ser vista com um certo cuidado. 

Classificado em segundo lugar no grupo do Palmeiras, o Defensa y Justicia avançou com nove pontos (duas vitórias, três empates e uma derrota). Foram 11 gols feitos e dois sofridos, que demonstraram um certo desequilíbrio do time verde e amarelo. Contra o atual campeão da Libertadores, a equipe de Sebastian Beccacece perdeu na Argentina por 2 a 1 e venceu em São Paulo por 4 a 3.

Com certeza, não será um confronto fácil nem para o Flamengo e muito menos para o Defensa. Vai ser um duelo, acima de tudo tradicional e rival por se tratar de brasileiros e argentinos, equilibrado tanto na casa hermana (o jogo de ida) quanto no Maracanã (o jogo de volta). Mas o favoritismo está levemente pendendo ao lado preto e vermelho da história.

VAVEL Logo