Técnico do Goiás, Pintado justifica entrada de Éverton Brito: "Queria fazer algo diferente"
Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Contratado após se destacar na Ferroviária, onde trabalhou com o técnico Pintado, o atacante Éverton Brito chegou ao Goiás há menos de um mês e até o momento não foi titular, mas correspondeu às expectativas ao ser acionado no jogo diante do Vasco e marcou o gol da vitória por 1-0 pela Série B.

"Conheço o Éverton desde os tempos de Juventude, depois na Ferroviária. Optei por ele porque queria dar uma dinâmica melhor ao time no campo de ataque. Eu estudo o jogo, o adversário e já pretendia fazer algo diferente. Ele foi feliz em aproveitar o rebote no chute do Figueira", comemorou Pintado.

Éverton Brito estreou na derrota para o Brasil de Pelotas e desde então participou de quatro partidas. Desta vez ele entrou ainda no primeiro tempo na vaga do volante Breno, que sofreu a falta no lance do cartão vermelho para Bruno Gomes. Como estava com um jogador a mais, o treinador deixou a equipe mais ofensiva e a resposta veio aos 35 da etapa final, quando o substituto de Breno apareceu dentro da área e pegou a sobra depois de uma finalização de Miguel Figueira que bateu na trave. 

Classificação e próximos jogos

Confiança e Vitória são os adversários de Vasco e Goiás na nona rodada, que acontece neste final de semana. Ambos os confrontos serão no sábado (3) em São Januário, no Rio de Janeiro, e no Barradão, em Salvador.

Esta foi a quarta vitória do Goiás na Série B, o que mantém o esmeraldino no G-4, em terceiro lugar com 15 pontos somados. Náutico, Coritiba e Sampaio Corrêa completam a zona de classificação. Já o Vasco caiu três posições e está em nono, com 10 pontos.

VAVEL Logo