Hélio dos Anjos pede demissão e não é mais técnico do Náutico
Foto: Tiago Caldas/Náutico
Hélio dos Anjos não é mais técnico do Náutico. O treinador entregou o cargo na manhã desta quarta-feira, após a equipe acumular a quinta derrota consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro. O próprio ex-comandante oficializou sua saída através das redes sociais.
 
"Bom dia, Nação! Venho aqui agradecer em primeiro lugar nossa comissão e nossos atletas, grato também ao Ari e diretoria (Bruno Becker, Edno, Diógenes, e todos os outros). Muito grato novamente a essa torcida, e aos grandes alvirrubros Américo Pereira e Paulo Pontes. Me desligo hoje do clube, uma decisão minha e do Guilherme, que é difícil porém não vemos como continuar. Obrigado de coração, vamos fortes e vida que segue feliz sempre!!!" - escreveu.
 
Quem também se despediu do torcedor alvirrubro foi Guilherme dos Anjos, filho e auxiliar de Hélio. Fiel escudeiro do pai, Guilherme conquistou o carinho da torcida alvirrubra nesta passagem pelo clube.
 
"Obrigado, Náutico! Obrigado atletas, comissão, diretoria e todos os torcedores. Vamos fortes e vida que segue feliz sempre!!!" - disse.
 
 
Hélio assumiu o Náutico no dia 18 de novembro de 2020 com a missão de evitar o rebaixamento à Série C, que foi cumprida com êxito e de forma antecipada. O trabalho seguiu e, com a espinha dorsal da equipe titular da última temporada, o treinador conduziu o Timbu ao título do Campeonato Pernambucano em cima do Sport, após 53 anos sem conseguir superar o rival em decisões.
 
A saída do treinador escancara a crise no Náutico. A equipe pernambucana liderou a Série B por quinze rodadas, mas teve que lidar com a perda de peças importantes ao longo do primeiro turno. Emprestado pelo Santos, o zagueiro Wagner Leonardo foi o primeiro a deixar o clube. Em seguida, o atacante Érick teve problemas para renovar seu vínculo e também acabou saindo.
 
A falta de reposição impactou no desempenho da equipe, que caiu vertiginosamente nas últimas cinco rodadas. A derrota para o Cruzeiro, na noite da última terça-feira, foi a quinta consecutiva na Série B. A diretoria ainda não trabalha com nomes para substituir Hélio dos Anjos.
VAVEL Logo