Allan Aniz comenta sequência do Bahia na Copa do Nordeste sub-20: “Foco total”
Foto: Divulgação/Assessoria

O Bahia iniciou a Copa do Nordeste sub-20 com derrota para o Vitória, mas conseguiu uma grande vitória por 8 a 0 diante do Boca Júnior, mas conheceu a sua segunda derrota para o Jacyobá, por 3 a 2. A competição é tiro curto, são quatro grupos com quatro equipes e apenas o primeiro colocado avança para a semifinal após seis rodadas. 

O lateral-direito do time, Allan Aniz, um dos jogadores mais promissores do esquadrãozinho, comentou esse início de competição e qual o significado desses três resultados para as pretensões do Bahia: 

“A derrota no começo foi ruim, depois, a goleada clareou as coisas, mas tivemos um jogo duro contra o Jacyobá, que era um bom adversário e dificultou bastante o nosso jogo. Tenho certeza que vamos tirar o aprendizado dessa partida e seguir em frente para obtermos melhores resultados.” 

Jogador de futebol desde os sete anos de idade, Allan se destacou na escolinha do Sergipe, onde jogava em categorias até três anos acima da sua idade. Depois de um pouco de rodagem, o lateral-direito chegou no Bahia e foi aprovado no segundo treino. Com drible, potência física e velocidade, o atleta chama atenção pela maturidade nas tomadas de decisão dentro de campo. Jogando mais uma competição Sub-20 pelo Bahia, o jogador se diz privilegiado por vestir a camisa do Tricolor nesta fase de aprendizado na carreira e conta sonhos para o futuro:

“Tenho muito orgulho de vestir essa camisa de tanta tradição no futebol nacional, é uma camisa que milhares de garotos sonham em vestir e tenho esse privilégio. Eu tenho muitos sonhos com essa camisa, um deles é, claro, jogar pelo profissional, mas primeiramente eu preciso ter foco total nas competições e evoluir, não é fácil estar aqui se não der 100%.” 

O Bahia sub-20 volta a campo nesta sexta-feira, quando vai enfrentar novamente o Jacyobá.

VAVEL Logo