Artilheiro do Coelho, Ademir encerra passagem no América-MG com chave de ouro
Foto: Divulgação / América-MG

Ademir da Silva Santos Junior, o nome do goleador que levou o América-MG à primeira Libertadores da história do clube. Após quatro anos no Coelhão, mais de 121 jogos e 32 gols marcados, Ademir encerra a passagem na equipe mineira fazendo a melhor temporada da carreira. 

No América desde 2018, o atacante não teve um começo animador. Os dois primeiros anos foram de baixo rendimento, mas em 2020, com a chegada de Lisca, o atacante levou o time à segunda colocação da Série B e a semifinal da Copa do Brasil.

A grande temporada em 2020 precedeu o grande auge do ano seguinte, em 2021 ele foi um dos artilheiros do Brasileirão, com 13 gols. Também marcou três assistências e se tornou o segundo maior artilheiro do América na história do Brasileiro. 

Com contrato assinado desde agosto com o rival local, Atletico-MG, Ademir se despediu do Coelho em carta postada hoje (10).

"Despedidas são sempre difíceis, mas elas são uma oportunidade para relembrar momentos importantes e mostrar gratidão a instituição e as pessoas. Hoje me despeço, mas gostaria de agradecer, do fundo do meu coração, ao América Futebol Clube e a toda diretoria, em especial o presidente Marcos Salum, ao Euler que sempre acreditou no meu trabalho. Mesmo em momentos difíceis, confiava no meu futebol e preferiu me manter no clube.

Aos funcionários e a essa torcida maravilhosa, o meu muito obrigado pelo apoio incondicional. Vocês fazem a diferença. Não posso esquecer também de todos os treinadores que trabalharam comigo e que contribuíram para o meu crescimento como jogador e pessoa.

Vim de uma cidade pequena e comecei no futebol de várzea. Tenho orgulho de ter saído de lá, mas sempre tive o sonho de poder jogar em alto nível na Série A do Campeonato Brasileiro. Trabalhei incansavelmente para chegar neste objetivo e o América me possibilitou viver isso. Agradeço a Deus por tudo que passei e construí aqui.

As duas últimas temporadas foram muito especiais. No total, foram 3 anos e 9 meses, 121 jogos, 32 gols, assistências, o acesso à Série A, a melhor campanha da história do clube na Copa do Brasil e uma classificação inédita para Libertadores em 2022. Estamos marcados para SEMPRE na história deste clube amado.. GRATIDÃO AMÉRICA FUTEBOL CLUBE.. Desfrutem dessa grande conquista pois vocês merecem muito.

Agora, é hora de buscar novos desafios.

Até um futuro. Obrigado a todos!!!"

Ademir chega ao Galo em janeiro, e vai receber 3 milhões em luvas pela negociação. O América-MG não vai receber nada pela negociação, já que o atleta estava livre pra assinar pré-contrato, quando fechou com o Atlético-MG, em agosto.

VAVEL Logo