Turco se decepciona com gols perdidos pelo Atlético-MG: " Não tivemos capacidade de matar o jogo"
Divulgação / Atlético-MG

O Atlético-MG mais uma vez deixou o adversário empatar nos minutos finais, dessa vez foi em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com direito a golaço de Hulk, o Galo ficou na frente do marcador  por duas vezes e no fim em uma penalidade marcada, o Goiás deixou tudo igual, com isso terminado com o placar de 2 a 2.

Em entrevista coletiva na zona mista o treinador Turco Mohamed lamentou o resultado. Segundo ele, a equipe perdeu muitas chances de matar o jogo, ainda afirmou que teve o controle das ações em todo os noventa minutos e que pretende melhorar nesse quesito para que não aconteça mais nos próximos jogos.

"Nós não tivemos a capacidade para matar o jogo, essa é a realidade. Tivemos muitas oportunidades, o controle da partida, muitas finalizações claras, mas não adiantou. Se ganha é com gols. Não fomos capazes de fazer os gols e teremos que melhorara nesse aspecto", afirmou o comandante do Galo.

Foto: Divulgação/Atlético-MG
Foto: Divulgação/Atlético-MG

O técnico ainda voltou a reclamar da falta de criatividade em alguns lances. El Turco disse que se não  fossem esses erros teriam vencido o jogo por 3 a 0 e que essas criações  de jogadas foi um dos fatores cruciais para o resultado negativo. O Atlético finalizou 21 vezes na partida, por isso a lamentação do comandante argentino.

"No futebol pode acontecer, e está acontecendo. Porém, se ganha é com gols. Nós não tivemos a capacidade para converter as finalizações claras. A equipe teve o controle da partida, mas cometemos erros defensivos e não fomos capazes de concluir bem as jogadas. A verdade é que essa foi uma partida para se ganhar por três gols, mas não aconteceu", lamentou.

Sobre os erros na montagem da defesa que resultou nos contra ataques do adversário, que foi igual ao confronto contra o Coritiba,  onde também cedeu o empate, o argentino não vê semelhanças nos últimos jogos. Ele preferiu colocar a culpa na sua equipe que não teve capacidade de sustentar o placar favorável e que promete que vai treinar muito para que isso não se repita nas jornadas seguintes.

"Algo em comum não teve, foram jogos diferentes. O que cito de comum é que nos três jogos estávamos ganhando e não fomos capazes de sustentar a vitória. E nos últimos jogos nós sofremos gols de contra-ataques. Esse pode ser um ponto para se estudar", completou El Turco Mohamed.

  • Próximos jogos

O Atlético não terá muito tempo em digerir o resultado,  pois já volta a atuar na terça-feira (3). O confronto será contra o seu rival local, o América-MG, na Arena Independência, pela Taça Libertadores.

VAVEL Logo