Chapecoense vence Santos na Arena Condá e se afasta do Z-4

Wellington Paulista e Arthur marcaram para a equipe catarinense; Peixe segue na quarta posição

Chapecoense vence Santos na Arena Condá e se afasta do Z-4
Jogadores comemorando o primeiro gol da Chape (Foto: Divulgação/Chapecoense)
Chapecoense
2 0
Santos
Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Moisés Ribeiro, Luiz Antônio (João Pedro) e Canteros (Nenén); Arthur Caike e Wellington Paulista (Túlio de Melo). Técnico: Gilson Kleina
Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Caju; Alisson, Renato, Victor Ferraz, Matheus Jesus (Serginho) e Lucas Lima (Jean Mota); Arthur Gomes e Ricardo Oliveira. Técnico: Elano
Placar: 1-0, Wellington Paulista. 2-0, Arthur Caike.
ÁRBITRO: Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA) Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Condá, em Chapecó (SC)

A Chapecoense recebeu o Santos na noite desta segunda-feira (13), na Arena Condá, em Chapecó, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Chape aproveitou a má atuação do Peixe, e derrotou a equipe paulista por 2 a 0. Wellington Paulista de pênalti e Arthur Caike marcaram para o Verdão.

Com o triunfo, a Chapecoense subiu uma posição na tabela, ultrapassando o Fluminense, ficando na 13ª colocação, com 44 pontos. Já o Santos, com a derrota, perdeu uma posição na tabela, e vai terminar a rodada na quarta colocação, a equipe foi ultrapassada pelo seu rival Palmeiras. O Alvinegro não tem mais chance matemática de título.

Na próxima rodada, a Chapecoense recebe o Vitória, na Arena Condá, com uma vitória a equipe catarinense acaba com as chances matemáticas de rebaixamento. Enquanto o Santos, vai até Salvador, enfrentar o Bahia, na Fonte Nova.

Chapecoense abre o placar no inicio do primeiro tempo

No inicio da partida, a Chape pressionou o Santos. Aos sete minutos, Luiz Antonio lançou uma linda bola para Arthur por trás da zaga santista, mas Vanderlei foi mais rápido e saiu do gol para afastar a bola. Três minutos depois, Luiz Antonio lançou a bola para Arthur na área, mas Lucas Veríssimo colocou a mão na bola e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Wellington Paulista bateu no canto esquerdo de Vanderlei, e abrindo o placar para o time da casa.

Jogando mal e sem criação na partida, a única alternativa do Santos para assustar a Chapecoense era de longe. Aos 26, Arthur Gomes avançou pelo meio, arriscou de fora da área e a bola passou perto do gol de Jandrei.

Aos 32, Victor Ferraz recebeu o pivô de Ricardo Oliveira, cortou a marcação, mas foi travado na hora do chute. Em um primeiro tempo morno, as duas equipes não criaram chances de gol.

Arthur marca e garante vitória da Chape

As equipes voltaram no mesmo ritmo para etapa, ritmo lento e sem criação. Aos 11 minutos, Arthur recebeu por trás da zaga, avançou pela direita e bateu. O chute saiu cruzado e passou perto do gol de Vanderlei.

Aos 21', a Chape ampliou o placar. Wellington Paulista ganhou no corpo do defensor, avançou pela esquerda e cruzou para Arthur. Por trás da marcação, o atacante só deu um toque na bola tirando ela de Vanderlei.

Aos 33' do segundo tempo, o Santos teve a primeira chance com perigo. Daniel Guedes cruzou da direita, Ricardo Oliveira subiu para cabecear e a bola bateu na trave de Jandrei e saiu.

O Peixe tentou pressionar a Chape. Dois minutos depois, Lucas Veríssimo subiu, tentou o cabeceio, mas a bola sobrou na frente do gol de Jandrei e o zagueiro isolou. Aos 37', Luiz Felipe tocou para Oliveira, ele fez o pivô para Victor Ferraz, que bateu para fora.