Rafael Marques é apresentado no Cruzeiro e revela "namoro" antigo com a Raposa

Segundo o mais novo atacante celeste, as negociações com o time mineiro não são recentes e alguns fatores foram decisivos para que optasse pela Toca

Rafael Marques é apresentado no Cruzeiro e revela "namoro" antigo com a Raposa
Foto: Yuri Edmundo/Light Press/Cruzeiro

O jogador Rafael Marques foi apresentado oficialmente, na tarde dessa quinta-feira (18), na Toca da Raposa II. O novo atacante do Cruzeiro firmou contrato com o clube até dezembro de 2018 e vai usar a camisa celeste de número 15. Na coletiva de apresentação, o atleta de 33 anos destacou que o processo para sua negociação não é recente. Entre os fatores, a estrutura do clube e o atual plantel foram decisivos para sua escolha.

“Sei bem como é o elenco do Cruzeiro e venho acompanhando desde o ano passado. O começo desse namoro não começou agora, já tem um tempo e hoje deu certo. Agora é ver dentro de campo, no dia a dia, para conhecer os jogadores e suas características. Vai dar tudo certo. A grandeza do Cruzeiro e o elenco que tem aqui me fez optar por essa escolha”, disse.

Rafael estava defendendo as cores do Palmeiras, mas sem oportunidades de jogar partidas oficiais. Em 2017, ele disputou apenas um jogo. Diante do Mirassol, pelo Paulistão, o atacante foi titular e balançou as redes para o Verdão. Apesar disso, ele garante que está fisicamente bem e à disposição do técnico Mano Menezes.

“Esse primeiro semestre foi perdido pra mim, em relação a partidas, mas não a trabalho, porque eu vinha trabalhando diariamente, 100%. Comecei o trabalho bem antes de a temporada iniciar. Abri mão de duas semanas das minhas férias para trabalhar firme para chegar bem no Palmeiras. Não fui aproveitado, óbvio que foi por opção do treinador”, revelou.

O jogador tem uma vasta carreira, que conta com passagens por grandes clubes brasileiros. Ele também atuou na Turquia, Japão e China. Rafael comentou que sua forma de apresentar melhor rendimento dentro de campo é diferente da qual ele estava empenhando no Palmeiras e ainda destacou que seu perfil difere da maioria dos atacantes em atividade no Brasil.

"Minha característica principal é fazer gols. Atacante vive de gols. Bola área é meu ponto positivo dentro de campo. Eu tenho uma característica muito diferente da posição que eu vinha atuando, que é jogando pelos lados. Eu não sou um jogador lento, mas também não sou muito rápido. Por isso sou um jogador de qualidade que sabe aproveitar o momento certo, sei usar a experiência, dar um passe e ajudar na marcação. Um pouco diferente dos atacantes do Brasil", finalizou.

Para poder entrar em campo, é necessário aguardar sua regulamentação no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF. O próximo compromisso da Raposa será neste domingo (21), às 19h, diante do Sport Recife, na Ilha do Retiro, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2017.


Share on Facebook