Em grande dia de Aaron Rodgers, Packers vencem Vikings fora de casa
(Todd Rosenberg/NFL)

O Green Bay Packers começou a temporada 2020 da NFL com o pé direito ao vencer o Minnesota Vikings por 43 a 34 no US Bank Stadium, neste domingo (13). Com Aaron Rodgers em grande dia, a franquia iniciou o jogo atrás, mas conseguiu virar e aos poucos neutralizou o perigoso jogo terrestre de Minnesota.

Com a vitória, os Packers largam na frente na divisão Norte da NFC e lideram com Chicago Bears em segundo. O próximo confronto de Green Bay é contra o Detroit Lions no Lambeau Field enquanto os Vikings viajarão para enfrentar o Indianapolis Colts.

O jogo

O confronto começou com as duas equipes utilizando muito o jogo terrestre. Se os Packers tiveram tranquilidade para correr, mas pararam nas últimas 20 jardas com a pressão da defesa dos Vikings e ficaram apenas com o field goal, os Vikings utilizaram Dalvin Cook durante toda a campanha e converteram em touchdown com o corredor. A campanha frustrada fez os Green Bay manterem o jogo terrestre que novamente funcionou muito bem, mas ao chegar nos últimos metros do campo a defesa de Minnesota cresceu e em quatro oportunidades fechou os portões para Aaron Rodgers.

Se a defesa dos Vikings ia se sobressaindo até então foi a vez de dos Packers conseguirem pressionar Kirk Cousins que dentro da endzone sofreu um safety. A bola voltou para os Packers que novamente sentiram a pressão e ficaram apenas com mais três pontos para virar o duelo.

Com a tônica das defesas levando a melhor contra o jogo áereo, Green Bay conseguiu neutralizar aos poucos Minnesota e ainda aproveitou para aumentar ainda mais a vantagem com a dobradinha Rodgers/Adams para fazer 15 a 7 antes do final do primeiro tempo. No último minuto ainda houve emoção com Kirk Cousins sendo interceptado, Valdes-Scanting anotando mais um TD de recepção para 45 jardas e Dan Bailey anotando mais um FG para o time mandante.

A volta do intervalo trouxe a defesa dos Packers conseguindo frear o jogo terrestre de Minnesota. Enquanto Kirk Cousins não conseguia trabalhar devido a pressão, Aaron Rodgers conseguia tranquilamente acionar Davante Adams e Valdes-Scanting em uma boa troca de jogadas entre corridas e recepções. Com isso, Green Bay conseguiu ampliar a vantagem para 29 a 10, mas em um grande passe de Cousins a bola encontrou Adam Thielen para diminuir a vantagem com a conversão de dois pontos de Dalvin Cook logo no início do último período.

A alta marcação na secundária e a contenção no jogo de terrestre minaram completamente as ações dos Vikings. Apesar disso, o time de Mike Zimmer conseguiu anotar três touchdowns com conversões de dois pontos, mas a excelente atuação de Aaron Rodgers atrapalhou qualquer plano da franquia em virar ainda mais com mais dois touchdowns do camisa 12 para Allen Lazard e Aaron Jones que fechou o placar em 43 a 34.

Estatísticas

Packers: Aaron Rodgers (32 de 44 passes completados, 364 jardas e 4 touchdowns) e Davante Adams (156 jardas recebidas e 2 touchdowns).

Vikings: Kirk Cousins (19 de 25 passes completados, 259 jardas, 2 touchdowns e 1 interceptação) e Adam Thielen (110 jardas e 2 touchdowns).

VAVEL Logo