Desde julho de 2020, uma franquia da National Football League (NFL) não tinha nome. Outrora chamado de Washington Redskins, a equipe, após anos de críticas, anunciou que trocaria de nome durante os protestos a favor de igualdades para minorias nos Estados Unidos após o assassinato de George Floyd, no dia 25 de maio. Mais de 19 meses depois, a agremiação anunciou nesta quarta-feira (02) a nova denominação: Washington Commanders.

A franquia disputou as temporadas 2020 e 2021 da NFL com o genérico nome de Washington Football Team. No dia 4 de janeiro, a franquia anunciou que o resultado do rebranding seria revelado no então próximo dia 02. Na última terça-feira (1º), entretanto, a National Broadcasting Company (NBC) revelou qual seria o novo nome.

Sobre o antigo e novo nome

Na sociedade estadunidense, Redskins é uma maneira pejorativa de se referir aos ameríndios. Na concepção de estudiosos, a palavra dá a dimensão que todas as tribos pré-colombianas que habitavam o que hoje forma os Estados Unidos tinham os mesmos costumes, biotipo, cultura e etc, denotando preconceito contra os nativos.

No já citado dia 04 de janeiro, uma lista de possíveis novos nomes para a franquia foi vazada pela Columbia Broadcasting System (CBS). Ao todo, eram oito - e "Commanders" já estava lá, tal qual a manutenção da denominação genérica. Os demais eram Armada, Presidents, Brigade, Defenders, Redhogs e Redwolves. Horas depois, a diretoria da agremiação anunciou que nada estava definido e que a lista não tinha fundamento na realidade. 

A nova denominação remete a conceitos militares, algo que o atual head coach da franquia, Ron Rivera, já afirmou que é importante para ele. O comunicado enviado pela franquia à imprensa também pontuou que ser a equipe que representa a capital do país (e, por consequência, ser a sede das forças militares do país) influiu na escolha do nome. "Como organização, estamos entusiasmados em nos unir e crescer juntos sob nossa nova identidade, prestando homenagem às nossas raízes locais e ao que significa representar a capital do país. Ao iniciarmos nossa 90ª temporada, é importante para nossa organização e fãs prestarem homenagem às nossas tradições", declarou Dan Snyder, dono da franquia.

Novo layout

As cores da equipe seguem as mesmas: amarelo, branco e borgonha - tom semelhante ao grená. No novo logo, o "W" estilizado: