Punido, Verstappen ignora treino classificatório: "Tentar fazer uma corrida divertida”'
Foto:Reprodução/RBR

Punido, Verstappen ignora treino classificatório: "Tentar fazer uma corrida divertida”'

O holandês vai largar do fim grid em decorrência de troca de peças do motor

mmichaelfranco
Michael Franco

Depois dos carros da dona da casa, e dominante, Ferrari e o 'Planeta Mercedes', a Red Bull figura como forte equipe para o GP da Itália. Max Verstappen terminou a segunda sessão de treinos livres desta sexta-feira (6) em quinto lugar, seguido pelo companheiro Alexander Albon. Por mais que seja uma marca positiva o tempo de 1min21s350, apenas 0s003 atrás de Bottas, o holandês não tem grandes esperanças para o qualifying de manhã. Nem pode. Ele foi punido em razão de troca de componentes do motor e largará no fim do grid.

Mesmo com o pensamento voltado apenas para o domingo, dia da corrida, Verstappen viu com otimismo o desempenho da equipe nos treinos livres.

“Acho que com o ritmo que demonstramos hoje e com o motor, tudo correu muito bem e isso é muito positivo. Particularmente, estou muito ansioso para domingo porque amanhã vai ser um pouco chato para mim. Não vou entrar na classificação como eu queria. Vou tentar fazer uma corrida divertida”.

O parceiro de Verstappen e em seu segundo GP pilotando o RB15, Alexander Albon praticou a segunda sessão com um capacete diferente para testar a nova tecnologia do equipamento de segurança. Trata-se do  casco da marca japonesa Arai.

Para ele, as condições de pilotagem não mudam muito com o novo capacete, no entanto, Albon deixa para os técnicos da equipe o veredito da melhoria do equipamento.

“Não sou o Adrian (projetista chefe) e não posso falar muito sobre isso. Para mim, não muda muito. Acho que, nos dias de hoje, todos os capacetes têm a mesma especificação. Parece que são todos iguais quando você o coloca na cabeça”.

Neste sábado, os pilotos disputam o terceiro treino livre às 7h, e o qualifying começa às 10h.

VAVEL Logo