As contas para o hexacampeonato da Mercedes na Fórmula 1
Foto: Divulgação/MercedesF1

A Fórmula 1 sempre teve períodos de domínio por parte de uma equipe, a começar McLaren-Honda no final da década de 80, quando conquistou quatro títulos seguidos - 88,89,90 e 91 - e desde então pudemos acompanhar nos últimos trinta anos, soberanias de Williams, Red Bull Racing e a Ferrari, a maior até este ano, quando subiu ao alto do pódio seis vezes seguida, de 1999 á 2004.

E porquê eu digo até este ano ? O motivo é simples, a Mercedes está bem próxima de igualar o recorde de seis títulos consecutivos, um domínio que começou em 2014 e pode ser consagrado em Suzuka, no GP do Japão, e para isso a flecha de prata precisa marcar 14 pontos a mais que a equipe de Maranello. 

No atual sistema de pontuação da categoria, a margem necessária para o título antecipado sairá desde que a Mercedes obtenha uma dobradinha, chegando a marca de 614 pontos, contra no melhor da hipótese para a equipe italiana, terceiro e quarto lugares somados a ponto de bonificação por melhor volta, 437 pontos. Uma vantagem portanto de 177 pontos, restando 176 nas quatro corridas que restam. 

 

 

VAVEL Logo