Sabalenka vira sobre Riske em Shenzhen e é primeira campeã da WTA no ano
Foto: Divulgação/Shenzhen Open

Sabalenka vira sobre Riske em Shenzhen e é primeira campeã da WTA no ano

Bielorrussa superou duas partidas no mesmo dia para assegurar seu terceiro título da carreira

anaracheel
Ana Carneiro

Em dia de jornada dupla, foi a bielorrussa #13 Aryna Sabalenka quem se saiu melhor. Sabalenka conquistou o primeiro título do ano no Shenzhen Open ao vencer a #62 Alison Riske, com parciais de 4/6, 7/6(2) e 6/3, em 2h11. Este foi o terceiro troféu conquistado pela bielorrussa na carreira.

As tenistas haviam jogado a partida de semis poucas horas antes do confronto. Sabalenka venceu Wang Yafan em sets diretos, Riske se beneficiou da desistência de Vera Zvonareva - vencia por 6/0 e 1/0 quando a russa retirou-se da partida.

Apesar de favorita, a cabeça de chave um não conseguiu encontrar seu bom jogo logo de imediato. Em 36 minutos, salvando break point e com uma quebra de vantagem, Riske pegou a primeira parcial para si por 6/4. 

A americana demonstrou ótimo ritmo de jogo e ótima presença de quadra. De volley a smash, de forehands na linha a backhands no meio de quadra, Riske dominou por absoluto a parcial. Sem medo de sair da baseline para ir á rede, a estadunidense demonstrou muito mais comprometimento dentro de quadra que a adversária.

Riske disparou 10 winners e cometeu sete erros não forçados para seis winners e sete erros de Sabalenka. No serviço a americana fez um ace e uma dupla falta contra apenas uma dupla falta da bielorrussa. 

Na segunda parcial, Sabalenka voltou com nova postura. Mais atenta aos pontos, a bielorrussa precisou de um único break point para que conseguisse quebrar o serviço da americana. Em 5/3, Sabalenka serviu para levar o jogo ao set decisivo.

Depois de duas oportunidades perdidas, Sabalenka sofreu a quebra do serviço. A partida seguiu sem grandes chances óbvias, apesar dos ótimos pontos disputados, e acabou indo para o tie break, onde Sabalenka dominou por absoluto (7-2). A cabeça de chave um precisou de 51 minutos para fechar a parcial.

Riske fez seis winners na parcial e cometeu 13 erros não forçados; Sabalenka disparou 17 winners e cometeu também 13 erros. No serviço, Sabalenka fez três aces e zerou em dupla falta; Riske marcou dois de cada. 

Na terceira e última parcial foi a vez de Sabalenka mostrar todo o seu enorme potencial e abriu 3/0 de vantagem. Sendo agressiva e sem cometer erros em excesso, a bielorrussa passou a ditar o ritmo do set.

A disputa entre pontos foi espetacular, extremamente bem jogados, pinturas vindas da raquete de Riske, construção eficaz e finalização perfeita da Sabalenka foram aspectos constantes na parcial. Em 39 minutos, a bielorrussa fechou a parcial - e partida - para conquistar seu terceiro título WTA da carreira e primeiro da temporada.

Ao todo, foram 39 winners disparadas por Sabalenka, contra 24 de Riske. No quesito erros, foram 29 para a bielorrussa e 30 para a americana. No quesito serviço Sabalenka fez seis aces e cometeu duas dupla faltas, Riske fez cinco aces e cometeu seis dupla faltas.

Na cerimônia de premiação um ótimo exemplo de respeito esportivo, todos rindo e fazendo ótimos comentários, como o de Sabalenka: "Alison, é surreal você acertar tantas bolas na linha. Me ensina?" ou o mais cômico, vindo de Riske: "Eu adoro jogar em Shenzhen, tanto que as minhas finais são quase sempre aqui", disse em bom humor a americana.

Como prêmio pela ótima semana, Alison Riske sobe para a 48ª posição do ranking WTA. Certamente um motivo para se alegrar, apesar da derrota. Alison joga agora no WTA de Hobart, último torneio preparativo para o Australian Open, primeiro Grand Slam do ano.

Sabalenka sobe para o 11ª lugar no ranking WTA com o título do WTA de Shenzhen. A bielorrussa agora viaja para a Austrália para jogar no WTA de Sydney

VAVEL Logo