Rafael Nadal: o impacto de sua ausência no Rio Open 2017
Rafael Nadal: o impacto de sua ausência no Rio Open 2017/ Foto: Rio Open/ Divulgação

Desde a primeira edição do torneio, realizada em 2014, o espanhol Rafael Nadal é a principal estrela do Rio Open. Um dos melhores de todos os tempos, Rafa chegou a levantar o título uma vez - e logo em seu ano de estreia. 

No entanto, três anos depois, "El Toro" optou por não vir ao Rio de Janeiro. Escolha que representou uma queda na procura por ingressos mesmo que, neste ano, dois tenista do top 10 estejam disputando a competição: o japonês Kei Nishikori e Dominic Thiem da Áustria.

Há dois anos, Nadal já não é mais o mesmo. Por conta de limitações físicas decorrentes da idade avançada para um atleta de elite e de seu estilo de jogo, o natural de Mallorca não é capaz de repetir as boas atuações que lhe renderam tantas glórias no circuito. 

Porém, devido ao seu currículo invejável - com 14 títulos de Grand Slam, sendo nove deles apenas em Roland Garros - e comparável apenas com o de grandes nomes do esporte, como o suíço Roger Federer, o tenista da Espanha sempre chamava a atenção do público, além de conceder um aumento qualitativo considerável a qualquer torneio que participasse. 

Por isso que, a quarta edição do Aberto do Rio de Janeiro, que ocorre neste ano, sofrerá um grande impacto negativo com a ausência de Rafael Nadal. Ainda mais devido ao fato de que o espanhol vem de grande campanha no primeiro Grand Slam do ano, o Australian Open, onde foi derrotado apenas na decisão por Roger Federer

Relembre as campanhas de Rafael Nadal no Rio Open:

2014- Campeão

2015- Semifinal

2016- Semifinal

No próximo dia 20 de fevereiro, tem início a quarta edição do Rio Open. O atual camepeão é o uruguaio Pablo Cuevas. O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo