Em grande semana, Bautista Agut vence Berdych e é campeão em Doha

Em grande semana, Bautista Agut vence Berdych e é campeão em Doha

Espanhol passou por três tenistas que já ocuparam o top 5 para se consagrar campeão: Wawrinka, Djokovic e Berdych

ma__lin
Marcela Linhares

O cabeça de chave número sete, #24 Roberto Bautista Agut, venceu o #71 Tomas Berdych em três sets com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3, em 1h59, e se tornou o terceiro tenista espanhol a ser campeão do ATP 250 de Doha. Além dele, Rafael Nadal, em 2014, e David Ferrer, em 2015, possuem título no torneio que acontece no Catar. O campeão é o segundo tenista espanhol mais bem ranqueado da lista mundial.

Algoz do ex-integrante do top cinco Stan Wawrinka, Bautista Agut também eliminou o líder do ranking Novak Djokovic para garantir uma vaga na final e vencer o nono título de sua carreira. O sérvio havia vencido 29 de suas últimas 31 partidas e perdeu a partida de virada. No total, foram três ex-top cinco eliminados por RBA.

Foi um bom começo na nova temporada”, comentou Bautista Agut e acrescentou que desejava se sentir bem fisicamente e mentalmente como se sentiu nesta semana. “Se isso acontecer, eu acredito que posso melhorar no ranking da ATP e por que não ficar mais próximo do top 10?”, concluiu o espanhol. Esta partida fica marcada como sua 250ª vitória no circuito.

Aproveitando apenas uma das quatro oportunidades de quebra que teve no primeiro serviço, Bautista Agut quebrou seu adversário no sétimo game para vencer a primeira série por 6/4 e sair na frente no placar. Por sua vez, foi ameaçado somente uma vez em seu saque, mas não abriu brechas para o tcheco. A parcial foi equilibrada contando com três pontos de diferença para cada um – 33 a 30 para o espanhol.

Muito eficiente em seu primeiro saque, Berdych pontuou em 88% das vezes e perdeu somente dois pontos com este. Sem ter seu serviço ameaçado e quebrando uma vez seu oponente, abriu 4/1 no placar e somente administrando a vantagem empatou o jogo em um set a um ao colocar 6/3 na segunda parcial, garantindo o troféu do Qatar ExxonMobil Open.

Devido a várias lesões na temporada passada, o espanhol número 24 do ranking perdeu três Masters 1000 e não pode competir em Wimbledon. A partir de segunda-feira (7), subirá uma posição no ranking e passará a ser número 23 da lista. Berdych, entrou na chave principal do torneio através de um wildcard e ocupava a posição 71. Na próxima atualização do ranking subirá 14 posições e passará a ser número 57 do mundo. O tenista tcheco já chegou a ser top 5 (# 4 em 2015) e o espanhol alcançou seu melhor ranking em 2016 quando ocupou a 13ª posição.

Berdych acredita que o diferencial da partida ocorreu no terceiro set em um game em que cometeu duas duplas faltas. Somente uma quebra foi necessária para o espanhol vencer a parcial por 6/3 e liquidar a partida em 1h59. “Em uma partida tão apertada, isto fez a grande diferença e é por isso que acho que Bautista Agut venceu hoje, porque ele estava jogando bem no geral e teve uma ótima semana”, afirma o tcheco.

VAVEL Logo