Parceria inédita, Bouchard/Kenin batem Hourigan/Townsend e conquistam título em Auckland
Foto: Divulgação/ASB Classic

Parceria inédita, Bouchard/Kenin batem Hourigan/Townsend e conquistam título em Auckland

Tenistas conquistaram seu primeiro título em duplas na carreira, vencendo com parciais de 1/6, 6/1 e 10-7

bruno-da-silva
Bruno da Silva

O início de temporada para Eugenie Bouchard e Sofia Kenin foi com um título surpreendente. A dupla inédita formada pela canadense e a estadunidense venceram o título de duplas do WTA de Auckland na madrugada deste domingo (6), batendo as wildcards Paige Mary Hourigan, da Nova Zelândia, e Taylor Townsend, dos Estados Unidos, que também jogaram um torneio juntas pela primeira vez. A vitória veio de virada, parciais de 1/6, 6/1 e 10-7, em 1h02.

Este foi o primeiro título da carreira de ambas as tenistas em duplas. Para Kenin, 20 anos, que vem de uma primeira temporada completa como profissional, foi o primeiro troféu em qualquer torneio WTA. Já Bouchard venceu uma taça em duplas na quarta tentativa, e voltou a comemorar um título pela primeira vez desde sua única conquista em simples em 2014, no WTA de Nuremberg. A canadense completa uma semana positiva no ASB Classic, após ter caído nas quartas de final em um jogo equilibradíssimo contra Julia Goerges em simples.

Townsend jogou sua segunda final de duplas, e perdeu outra vez - a primeira havia sido justamento ao lado de Bouchard no WTA de Washington, em 2013. Já Hourigan, 21 anos, com pouca experiência em torneios WTA, era a esperança de um título inédito para uma tenista da Nova Zelândia em Auckland, o que acabou não acontecendo. Ela entrou em quadra sendo a #545 em simples e #635 em duplas, enquanto todas as outras tenistas estão dentro do top 100 em singles.

O primeiro set foi de um domínio absoluto de Hourigan/Townsend. Embaladas pela torcida para a neo-zelandesa Hourigan, a dupla wildcard dominou. A estadunidense dominou o jogo na rede e, vencendo 14 dos últimos 18 pontos da parcial, elas conquistaram o set em apenas 19 minutos, com 6/1.

Após a conversa com o técnico de Bouchard, Michael Joyce, a dupla da América do Norte subiu o nível. Bouchard/Kenin passaram a explorar a fragilidade de Hourigan e a queda de nível de Townsend para abrirem 3/0. A dupla da América do Norte chegou a ser quebrada, mas venceu os três games seguintes, inclusive com duas quebras e devolveram o 6/1, em 29 minutos.

O equilíbrio prevaleceu no match tie break até a reta final. No saque de Townsend em 7-7, Bouchard/Kenin conseguiram uma mini quebra decisiva e, com dois saques a disposição, ficaram em ótima posição para fechar o jogo. A estadunidense foi firme e confirmou o seu serviço em ambas as oportunidades para garantir o título com um 10-7, em 14 minutos.

VAVEL Logo