Conto de fadas: Schnur surpreende Querrey em New York e vai à sua primeira final de ATP
Foto: Divulgação/ATP

Conto de fadas: Schnur surpreende Querrey em New York e vai à sua primeira final de ATP

Vivendo uma semana dos sonhos, canadense derrotou cabeça de chave número quatro em três sets e está na decisão; tenista de 23 anos nunca havia vencido um jogo no circuito antes deste torneio

_acechard
Pedro Dayrell

Primeiro Juan Ignacio Londero, em Córdoba, agora o qualifier #154 Brayden Schnur, em New York. Pela segunda semana consecutiva, um jogador sem experiência ao mais alto nível conseguiu surpreender tudo e todos e transformar um registo de zero vitórias numa caminhada até à final de um torneio ATP. Neste sábado (16), ele venceu o #49 Sam Querrey por dois sets a um, parciais de 7/6(7), 4/6 e 6/3, em 1h58, para avançar a decisão do New York Open.

Aos 23 anos, o jovem canadense pouco ou nada tinha apresentado ao grande público até agora. É o número 154 do ranking (melhor da carreira alcançado precisamente na última segunda-feira) e o seu currículo faz, sobretudo, de encontros no circuito secundário, mas nem aí conta com qualquer título — apesar de já este ano ter chegado à final do forte Challenger de Newport, onde só foi parado pelo #50 Taylor Fritz. Contando a fase de qualifying, Schnur já venceu seis jogos em NY.

Na decisão do New York Open, Schnur enfrentará outro novato em finais: o #89 Reilly Opelka​​​​​​​, que venceu pela segunda vez no ano o #9 John Isner​​​​​​​, dessa vez em uma batalha de três tiebreaks, com parciais de 6/7(8), 7/6(14) e 7/6(4), em 2h35.

VAVEL Logo