Federer passa tranquilo por Otte e segue sem perder sets em Roland Garros
Foto: Divulgação / ATP

Federer passa tranquilo por Otte e segue sem perder sets em Roland Garros

Em sua 18ª participação no torneio francês, suíço garantiu sua presença na terceira rodada pela 15ª vez

ma__lin
Marcela Linhares

Ainda sem perder sets em Roland Garros, o #3 Roger Federer segue firme no torneio francês após vencer o alemão #144 Oscar Otte com parciais de 6/4 6/3 6/4, em 1h36 de partida. O suíço enfrentará na próxima rodada o norueguês Casper Ruud. Esse será o primeiro encontro entre os tenistas no circuito da ATP.

Uma quebra em cada set foi suficiente para o ex-número um do ranking vencer o jogo. As quebras ocorreram no 10º, 8º e 9º games respectivamente. O tenista alemão teve quatro oportunidades de quebrar o ex-número um do mundo, mas não conseguiu aproveitar nenhuma das chances.

Com bom aproveitamento dos dois serviços, Federer alcançou a marca de 76% com o primeiro saque e 75% com o segundo em relação a pontos vencidos. Apesar de ter sido um pouco mais errático – 24 a 22 – o campeão do torneio parisiense em 2009 disparou 34 bolas vencedoras contra 26 de seu oponente.

Curiosamente, Roger esteve presente em duas oportunidades na mesma chave de Roland Garros que o pai de seu próximo adversário. Christian Ruud não chegou a enfrentar o suíço durante sua carreira e, seu melhor desempenho no saibro do Major francês foi a terceira rodada – lugar que alcançou em 1995 e 1999.

De seus 1466 jogos de simples na carreira, Roger Federer nunca havia enfrentado um tenista cujo sobrenome fosse iniciado pela letra “O”. A vitória de hoje em cima de Otte foi a primeira vez do suíço que está perto de completar o alfabeto tenístico. A única letra que falta é “X”. O detentor de 20 Grand Slams chegou a vencer o ex-tenista belga Xavier Malisse, mas a estatística em questão não leva em consideração o nome do jogador, somente seu sobrenome.

Afastado desde 2015 de Roland Garros, Federer busca vencer o torneio pela segunda vez. A primeira ocorreu em 2009 quando bateu o sueco Robin Soderling na final – algoz de Rafael Nadal naquela edição do torneio.

VAVEL Logo