Histórico: aos 19 anos,Thiago Wild bate Olivo em Santiago e vai pela primeira vez à uma final nível ATP
Foto: Divulgação/Chile Open

O brasileiro #182 Thiago Seyboth Wild, 19 anos, está pela primeira vez em sua carreira em uma final de um torneio da ATP. Neste sábado (29), ele derrotou o argentino #297 Renzo Olivo por dois sets a zero com parciais de 6/1 e 6/3, em 1h19, e se garantiu na decisão do ATP 250 de Santiago, no Chile.

Wild chegou a decisão depois de, nas quartas de final avançar após vencer o primeiro set e ver o anfitrião e recém campeão do Rio Open, o #18 Cristian Garin, desistir. O motivo da desistência foi uma lesão nas costas.

A partida de semifinal foi longe de ser difícil para o jovem paranaense. Como mostrou as parciais, o primeiro set foi extremamente tranquilo para o brasileiro. Com suas bolas rápidas e fundas, o argentino teve muitas dificuldades em devolver seus winners.

No segundo set, o jogo virou nos primeiros games. Olivo, ex-número 78 do mundo, chegou a liderar o jogo por 3/2 e Wild, após perder quatro break points, jogou a raquete no chão em um momento de frustração. Porém, ele conseguiu se recuperar na partida e fechou a partida em seu quatro match point: 6/3.

Wild é o primeiro brasileiro finalista de um torneio de ATP em simples nascido em 2000. O último tenista do país que havia jogado uma final foi Thomaz Bellucci, em Houston, em 2017. O último título foi também de Bellucci, em Genebra 2015.

Na decisão do Chile Open, Wild vai enfrentar o norueguês #38 Casper Ruud, cabeça de chave dois, que bateu nas semifinais o espanhol #45 Albert Ramos-Viñolas.

VAVEL Logo