Basilashvili diz ter prova de inocência em caso de violência
doméstica
Foto: Divulgação/ATP

O georgiano Nikoloz Basilashvili, número 27 do mundo, foi acusado novamente de violência doméstica contra a ex-esposa Neka Dorokashvili. Porém, dessa vez, o tenista diz ter provas de sua inocência.

Segundo relato de Neka, ele a teria agredido após os dois iniciarem uma briga por ela flagrar o jogador visitando sozinho o seu filho Lukas, de cinco anos, na última semana. Basilashvili tem uma ordem de afastamento contra si e somente pode ver o garoto acompanhado de um assistente social.

A antiga cônjuge acusa o tenista de violência doméstica já a alguns meses, mas dessa vez, ele se declara inocente e diz ter provas disso. A informação veio através do seu advogado, que declarou que uma gravação foi entregue à justiça.

O meu cliente entregou ao tribunal uma gravação que é a prova cabal da sua inocência. As acusações feitas pelas sua ex-mulher são absolutamente falsas”.

Basilashvili foi preso na semana passada, mas liberado após pagamento de fiança. Ele aguarda agora o julgamento que será em algum momento do mês de julho. A pena de reclusão pode ser de até três anos caso seja declarado culpado.

VAVEL Logo