Nikoloz Basilashvili é preso acusado de violência doméstica
Foto: Divulgação/ATP

Número 27 do mundo, Nikoloz Basilashvili foi preso na última sexta-feira (22), em Tbilisi, capital da Geórgia. O tenista foi detido sob acusação de violência doméstica contra sua ex-esposa Neka Dorokashvili.

A promotoria local divulgou que o georgiano foi preso um dia após o ataque contra a antiga cônjuge. Para ser liberado, Basilhashvili teve que pagar fiança de 100 mil laris (moeda local), cerca de 30 mil dólares. A advogada do jogador, Irma Tchkadua, declarou que ele alega ser inocente.

O ato teria acontecido após uma discussão iniciada quando Neka flagrou o georgiano visitando seu filho Lukas sozinho. O tenista já está sendo investigado por violência doméstica há alguns meses e por isso tem ordem de afastamento contra si. Ele somente pode ver o jovem rapaz acompanhado de assistência social.

Aos 28 anos, Basilashvili é o maior tenista da história de seu país. A dois anos atrás, ele se tornou o primeiro georgiano a conquistar um título da ATP, quando levantou o troféu em Hamburgo. O feito ainda foi ampliado desde então, com as conquistas na China, também em 2018, e novamente em Hamburgo no ano passado. Sua melhor posição no ranking foi #16, em maio do ano passado.

VAVEL Logo