Gauff elimina Siniakova em Parma e vai à segunda final na carreira
Foto: Marta Magni/MEF tennis

Aos 17 anos, a #30 Cori Gauff está em sua segunda final na carreira. Campeã em Linz 2019, a estadunidense bateu nas semifinais do WTA 250 de Parma a #68 Katerina Siniakova nesta sexta-feira (21). A estadunidense anotou 2 sets a 1 sobre a tcheca, que havia eliminado a favorita Serena Williams nas oitavas de final.

Em 2h10, Gauff venceu o disputado primeiro set por 7/5. A resposta de Siniakova veio com um 6/1. No set desempate, a norte-americana garantiu a vitória com um 6/2.

Sets distintos

A norte-americana teve dificuldades para sacar no começo do primeiro set. No terceiro game, ela recusou um break point e precisou de catorze pontos para confirmar o serviço; no quinto, foram dez pontos e três break points rejeitados.

No nono game, não teve jeito: Siniaková rejeitou o saque de Gauff ao aproveitar o segundo break point depois de dez pontos. Foi o suficiente para Gauff acordar: ela quebrou o saque da tcheca no décimo e no 12º games para fechar a parcial em 7/5.

A norte-americana voltou a sacar muito mal no segundo set. No quarto game, a vantagem de Siniakova já estava em 4/0 - incluindo um longo terceiro game, com 12 pontos. Gauff devolveu uma das quebras do sexto game, mas a tcheca aproveitou o primeiro break point do sétimo para fechar a contagem em 6/1.

Superando dificuldades, Gauff voltou a triunfar no terceiro set. Após sofrer para confirmar o saque no segundo game (primeiro com saída dela) após 12 pontos e dois break points recusados, a norte-americana rejeitou o serviço da tcheca no terceiro e quinto momentos.

Os dois últimos games da partida tiveram oito pontos e foram confirmados por cada uma das respectivas tenistas - e, por conta da vantagem obtida anteriormente, Gauff classificou-se para a final após anotar 6/2 no período.

O que vem por aí

Na final do Emilia-Romagna Open, Gauff enfrentará a vencedora do confronto entre #65 Sloane Stephens e #48 Qiang Wang. Com a campanha na Itália, a jovem de 17 anos sobe ao menos para o 26º posto do ranking da WTA, sua melhor marca na curta carreira.

VAVEL Logo