Shapovalov vira contra Khachanov e se garante nas semifinais em Wimbledon
Foto: Divulgação/Wimbledon

De virada, o #12 Denis Shapovalov derrubou o #29 Karen Khachanov e se garantiu nas semifinais de Wimbledon 2021 nesta quarta-feira (7). Esta é a primeira vez que o canadense de 22 anos vai tão longe em um Grand Slam na carreira.

Shapovalov fechou a partida em cinco sets, parciais de 6/4, 3/6, 5/7, 6/1 e 6/4, em 3h28. Esta foi o segundo confronto entre os dois, e a segunda vitória do canadense.

No total, Shapovalov teve números bem mais impressionantes - 17 a três em aces, 59 a 31 em winners e 48 a 50 em erros não-forçados, mas Khachanov, que também nunca havia passado das quartas de final em Majors, foi muito resiliente. O russo teve um aproveitamento bem menor nos pontos de primeiro serviço - 86% a 67% -, mas salvou 14/19 break points que cedeu.

Nos últimos dois sets, porém, Shapovalov dominou. Ele venceu 100% dos pontos com o primeiro serviço na quarta parcial e só perdeu um na quinta, sem ceder nenhum break point. Na série final, Khachanov só venceu quatro pontos no serviço do rival, três através de duplas faltas do canadense. O russo ainda salvou três bps no quinto game, quando chegou a enfrentar 0-40, e mais três no nono game, mas não resistiu na sétima chance de quebra e cedeu, e foi derrotado na sequência.

Marcas

Shapovalov é o primeiro homem canadense a chegar nas semifinais de um Slam desde Milos Raonic em Wimbledon 2016. A campanha em Londres vai recolocá-lo no top 10 da ATP a não ser que Hurkacz ou Aliassime sejam campeões.

Nas semis, ele encara o atual bicampeão #1 Novak Djokovic, que vem de vitória em três sets sobre o #48 Martón Fucsovics. Os dois já se enfrentaram seis vezes, e o sérvio venceu todas, a última delas na ATP Cup deste ano.

VAVEL Logo