Gauff quebra escrita contra Sevastova e avança em Montreal; Stephens supera Yastremska
Foto: Divulgação/Omnium Banque Nationale

A jovem #24 Cori Gauff quebrou o tabu contra a #64 Anastasija Sevastova e superou a estreia do WTA 1000 de Montreal nesta terça-feira (10). Após três derrotas nos três primeiros confrontos contra a letã, a estadunidense de 17 anos derrotou a rival em apenas 1h07, parciais de 6/1 e 6/4, na Quadra Central.

Sevastova já havia batido Gauff duas vezes em 2021 - em Miami e Eastbourne - e outra no US Open do ano passado, mas, desta vez, não teve muitas chances.

Gauff só foi quebrada uma vez no jogo, no único break point que cedeu quando sacava em 0/1 na segunda parcial. No primeiro set, Sevastova por pouco não sofreu um 'pneu', salvando dois set points quando sacava em 0/5. No início do segundo, ela chegou a abrir 3/0, vencendo 12 dos primeiros 15 pontos, mas a jovem estadunidense empatou na sequência em 3/3.

Sevastova melhorou significativamente no segundo saque na segunda parcial - venceu 59% dos pontos, contra 19% no primeiro -, mas só jogou 37% das vezes com o primeiro serviço. Gauff aproveitou e, com mais uma quebra no nono game, sacou bem quando teve a chance para fechar e garantiu a vitória, contando com certa dose de sorte no match point.

Na segunda rodada do Omnium Banque Nationale, Gauff encara a qualifier #100 Anastasia Potapova, que vem de vitória sobre a #43 Shelby Rogers.

Stephens vence jogo duro

Vice-campeã de 2018, a #62 Sloane Stephens derrubou a #50 Dayana Yastremska com dificuldades na primeira rodada. A wildcard anotou 6/4, 1/6 e 6/4, em 1h58, para garantir vaga na próxima fase.

As duas foram quebradas seis vezes na partida, mas Stephens foi bem mais efetiva - ela aproveitou 6/7 chances que teve, enquanto salvou 9/15 que cedeu. Após o primeiro set vencido pela ex-top 5, Yastremska fez uma longa paralisação no banheiro e voltou melhor.

No segundo set, Stephens deixou o nível cair muito, venceu menos de 50% nos pontos no saque e apenas 5/21 no saque de Yastremska, que fechou em 33 minutos. Na terceira parcial, a ucraniana parecia em controle, mas a estadunidense passou a vibrar mais e reagiu após estar 2/4 atrás.

No sétimo game, Yastremska teve quatro break points no saque de Stephens para se aproximar da vitória, mas não conseguiu converter. Depois, ela foi quebrada de 0-40 e se perdeu. A estadunidense manteve-se firme no fim e, vencendo 14 dos últimos 18 pontos, garantiu a vitória.

Na próxima fase, Stephens desafia a #3 Aryna Sabalenka, cabeça de chave 1 do torneio canadense, que teve folga na rodada inicial. As duas se enfrentaram apenas uma vez, na Billie Jean King Cup 2017, quando a belarussa venceu em três sets.

VAVEL Logo