Svitolina vence batalha com Cirstea e segue em Indian Wells; Swiatek atropela
Foto: Jimmie48/WTA

Em partida muito equilibrada, a #7 Elina Svitolina prevaleceu no fim e derrotou a #40 Sorana Cirstea na terceira rodada do WTA 1000 de Indian Wells, neste domingo (10). A cabeça de chave 4 venceu de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/6(3), em 2h33.

Este foi o terceiro confronto entre as duas, e a terceira vitória da ucraniana. Pela primeira vez, porém, um jogo entre elas teve três sets. No geral, Cirstea teve melhores números, mas não conseguiu prevalecer nos momentos cruciais. A romena terminou a partida com 18 winners a mais - 45 a 27 -, enquanto somou 42 erros não-forçados, contra 37 de Svitolina.

Cirstea equilibrou no aproveitamento de pontos com primeiro serviço - 68% a 70% - e foi superior no segundo - 45% a 41% -, mas, mesmo assim, Svitolina saiu com a vitória. A ucraniana enfrentou 16 break points na partida, contra cinco da romena, mas ambas tiveram o mesmo números de quebras convertidas (quatro).

No set decisivo, Cirstea conseguiu a primeira quebra no sexto game e sacou em 4/2, mas foi rejeitada logo na sequência. Esses foram os únicos dois games com break points em toda a parcial, que durou uma hora. No final, Svitolina se mostrou mais inteira fisicamente e, após sair atrás por 2-1 no tiebreak, não perdeu mais nenhum ponto no seu saque e fez 7/6(3), para garantir o avanço e seguir na briga por uma vaga ao WTA Finals.

Na próxima rodada do BNP Paribas Open, Svitolina encara a vencedora do confronto entre a #24 Jessica Pegula e #63 Jasmine Paolini.

Vitória arrasadora de Swiatek

Segunda favorita em Indian Wells, a #4 Iga Swiatek passou por cima da #31 Veronika Kudermetova na segunda fase. A polonesa anotou 6/1 e 6/0, em apenas 55 minutos, para avançar à terceira rodada em sua estreia na chave principal do torneio.

No dia que a conquista de Roland Garros completou um ano, a polonesa de 20 anos comemorou em grande estilo. Swiatek fechou a partida com19 winners, somente cinco erros não-forçados, cinco aces, nenhum break point enfrentado e apenas cinco pontos perdidos no seu serviço - um no segundo set inteiro. Kudermetova só conseguiu confirmar seu saque no quarto game do primeiro set e perdeu nove games seguidos a partir daí.

"Eu estava me sentindo muito confiante. Basicamente, eu queria dar um presente para minha psicóloga, porque, quando eu perco, normalmente tem um pouco de drama. Vamos dizer que ela tem um dia de folga hoje", brincou após a partida.

Swiatek espera na terceira rodada a vencedora do confronto entre a #29 Jelena Ostapenko e a #43 Yulia Putintseva.

VAVEL Logo