Sherif faz história, desbanca Sakkari e é campeã do WTA 250 de Parma
Foto: Divulgação/WTA

O sábado (1º) foi de história escrita pela #74 Mayar Sherif no WTA 250 de Parma, na Itália. A egípcia venceu na decisão a #7 Maria Sakkari e se tornou a primeira tenista de seu país a conquistar um título no circuito do tênis feminino. Sherif fechou a partida com parciais de 7/5 e 6/3 e conseguiu ainda uma vitória inédita sobre uma top 10 na carreira.

As duas tiveram que jogar a semifinal ainda neste sábado, já que a programação de sexta-feira (30) foi cancelada pela chuva; Sakkari havia batido Danka Kovinic mais cedo, em sets diretos, enquanto Sherif precisou de 2h52 e três sets para derrotar Ana Bogdan. Mesmo enfrentando uma semifinal mais dura, a egípcia não sentiu cansaço ou o peso da rival na final.

"Estou exausta. O primeiro jogo foi emocionalmente e mentalmente duro. Houveram muitos momentos-chave, muita pressão. Mas depois que eu ganhei, me deu muita confiança. Usei isso para o jogo seguinte", disse a egípcia, que não havia chegado sequer à uma quarta de final no circuito principal neste ano.

Sakkari, que entrou no torneio de última hora, apesar de uma tenista consolidada no top 10, segue com um retrospecto muito ruim em finais - apenas um título e cinco vices, três em 2022. Por outro lado, Sherif conseguiu a conquista inédita, após perder sua primeira decisão em Cluj no ano passado.

"Significa muito para o meu país. Significa muito para as pessoas em casa, minha família, todo o trabalho duro, as dificuldades mentais nas últimas semanas. Estou emocionada e feliz. Isso nunca foi previsto", admitiu Sherif, que vai retornar ao top 50 após a conquista do Parma Ladies Open.

Melhores momentos Sherif x Sakkari

VAVEL Logo