Apesar da temporada sem títulos, Naiane destaca projeto do Hinode Barueri: “Está no caminho certo”
Foto: Divulgação Hinode Barueri/Gaspar Nobréga

Estreante na principal divisão da Superliga Feminina, o Hinode Barueri, comandado pelo técnico Zé Roberto Guimarães, veio com uma proposta ambiciosa de se colocar entre os grandes do vôlei nacional. A equipe paulista teve uma boa participação na torneio, tendo a quinta melhor campanha na primeira fase. Já nas quartas de final, após dois jogos equilibrados, o time acabou eliminado pelo Osasco

Finalista do Campeonato Paulista de 2018 com o Barueri, a levantadora Naiane acredita que com a manutenção da filosofia no projeto, o time pode alçar vôos mais altos futuramente.

“O projeto está no caminho certo. É continuar trabalhando, melhorando em todos os sentidos e mantendo esse pensamento. A partir daí, continuará crescendo como time e lá na frente chegará muito mais forte”, falou a levantadora, que chegou ao clube nessa temporada.

Naiane reconhece que faltou um algo a mais para a equipe nas partes finais dos sets diante do Osasco, o que impossibilitou uma melhor sorte no confronto. ”Tivemos bons momentos, mas não conseguimos ‘fechar’. No quarto set tivemos oportunidade de vencer, mas o Osasco recuperou-se”, explicou. 

Com a eliminação da principal competição nacional no ultimo sábado (17), a temporada do Barueri terminou sem que o time conseguisse alcançar o lugar mais alto no pódio em nenhum torneio disputado, fato lamentado pela camisa 12 do time paulista.

 “Honramos a camisa. Esse time merecia um título nesse ano. [...] A gente pede desculpa à torcida, mas saímos de cabeça erguida por tudo que fizemos”, destacou a jogadora.

VAVEL Logo