Sem sustos, Sada Cruzeiro larga na frente do Canoas nas quartas de final da Superliga Masculina
Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Primeiro colocado na fase classificatória, o Sada Cruzeiro entrou em quadra nesse sábado (24), no ginásio do Riacho, para confirmar o favoritismo e ficar mais próximo da semifinal da Superliga Masculina 2017/18. Em apenas 1h20 de jogo, a equipe celeste bateu o time Lebes Canoas, por 3 sets a 0 (25/19, 26/24 e 25/15), e agora precisa de uma vitória pra avançar à próxima fase.

Com todos os fundamentos funcionando bem, o time estrelado ainda contou com muita inspiração dos seus jogadores no saque, o que fez com que o Canoas não conseguisse ameaçar o atual tetracampeão da Superliga. O oposto cruzeirense Evandro foi o melhor jogador da partida e levou o Troféu VivaVôlei para casa.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (29), com o mando do Canoas. A equipe gaúcha precisa da vitória pra forçar o terceiro jogo. O time azul, por sua vez, está apenas a um triunfo de se tornar semifinalista. 

Resumo da partida 

O início do jogo foi equilibrado. Um pouco desatento, o Cruzeiro viu o Canoas abrir pequena vantagem quando Evandro errou o ataque e o time gaúcho fez 8 a 6. Mas logo veio a reação estrelada com quatro pontos consecutivos, virando a partida para 10 a 8. Com o saque encaixado, o time mineiro foi abrindo o marcador e chegou a cinco pontos de vantagem quando fez 19 a 14. A Raposa continuou com boa folga no placar, e no ataque de Isaac pelo meio, fechou o primeiro set em 25 a 19.

A segunda parcial foi mais equilibrada. Os donos da casa começaram a errar mais no ataque e no saque, o que não vinha acontecendo. Então, o Canoas aproveitou pra fazer 6 a 4. No entanto, o time celeste reagiu e virou para 8 a 6. A partir disso, o set seguiu sendo disputado ponto a ponto até o 24º. Neste momento, a dupla cubana Leal e Simón fez a diferença para o lado azul, que fechou a parcial em 26 a 24. 

No terceiro set, o saque estrelado voltou a encaixar e dificultar o passe do Canoas, que errava muito no ataque. Se aproveitando disso, os mineiros chegaram a abrir 10 a 4. O Cruzeiro continuou encaixando os saques e aumentou a vantagem. Sem conseguir mudar o panorama, o Canoas viu os donos da casa fazerem a festa quando Pedro errou o saque, definindo o placar em 25 a 15 e vitória celeste.

VAVEL Logo