Sesi-SP vence clássico contra Taubaté e fica com bronze na Libertadores 
 Foto: Divulgação/ Sesi-SP

Sesi-SP vence clássico contra Taubaté e fica com bronze na Libertadores 

Após estar perdendo por 2 a 0, Sesi reage, vence por 3 a 2 e termina a competição em terceiro na competição 

thais-alcantara
Thaís Alcântara

Taubaté e Sesi-SP se enfrentaram na tarde desta quarta-feira (13), no ginásio do Abaeté, em busca do terceiro lugar da Copa Libertadores de Vôlei Masculino. Melhor para o time da capital paulista, que venceu por 3 a 2 (28/26, 25/19, 18/25, 22/25 e 10/15) e alcançou o pódio no competição. 

Agora os times voltam suas atenções para a Superliga. No próximo sábado (16), o Sesi vai até São Bernardo do Campo enfrentar o São Judas, às 16h. No mesmo dia, às 18h30, o Taubaté recebe o Vôlei Um. 

Como foi o jogo

Os times começaram a partida mostrando que o terceiro lugar valia muito pra eles. Com os times trocando pontos, o empate prevalecia: 6/6. Em bloqueio de Renan pra cima de Alan, o Taubaté abriu uma pequena vantagem (14/12). Entretanto, o Sesi-SP reagiu e com ace de Éder, deixou tudo igual (18/18). O set permaneceu equilibrado até que Lucarelli apareceu pra decidir para os mandantes e acertou uma bola na pipe para das números finais: 28/26

O Taubaté começou bem a segunda etapa e logo abriu 3 a 1. Mas o Sesi correu atrás e passou à frente dos rivais no ataque de Alan (3/4). O time de preto parecia ter engrenado quando Alan começou a cravar bolas no lado adversário (8/5). Entretanto, os donos da casa estavam motivados em busca da medalha e virou com lindo bloqueio de Barretos no Gustavão (10/9). A equipe do interior começou a impor seu ritmo e encaminhou a vitória no bloqueio duplo (19/15). Brilhando na partida, Douglas Souza soltou o braço pra garantir o triunfo  na segunda parcial: 25 a 19

Jogando pela sobrevivência, o Sesi entrou melhor no terceiro set e logo foi abrindo vantagem (3/6). Melhor no ataque, os comandados do técnico Rubinho seguiam disparando no marcador (5/12).  Com tranquilidade, os visitantes fizeram 25 a 18 e diminuíram o prejuízo na partida. 

O quarto set começou quente. O empate prevaleceu tanto no placar (6/6) quanto nos cartões amarelos, um para cada equipe. Bem no bloqueio, o Taubaté aproveitou pra abrir na metade final da etapa (16/13).  Mas para o Sesi-SP era tudo ou nada, então a equipe foi atrás do empate no ataque de Gustavão (21/21). E na boa sequência de Lucas Lóh no saque, o time da capital ficou perto de empatar o jogo (21/24). Éder atacou pelo meio para forçar o tie-break (22/25)

O Sesi começou o set decisivo subindo uma parede na rede, e com dois bloqueios seguidos, o placar já era 3 a 0.  O técnico Daniel Castellani parou o jogo, trocou de levantador, mas o Taubaté seguia sendo dominado (6/10). Facundo Conte foi acionado e recolocou os mandates voltaram a pressionar no jogo (10/12). Entretanto, não foi suficiente e no ataque de Lucas Lóh, o Sesi-SP fez 15 a 10 e conquistou, de virada, a medalha de bronze.

VAVEL Logo