Brasil
perde para Argentina no tiebreak e se despede de Tokyo 2020 fora do pódio no
vôlei masculino
Foto: Divulgação/Jogos Olímpicos

Após a traumática derrota por 3 sets a 1 para o Comitê Olímpico Russo (ROC) nas semifinais do vôlei masculino na última quinta-feira (5), o Brasil encarou a rival Argentina na disputa pela medalha de bronze neste sábado (7), na Ariake Arena, no penúltimo dia de realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Se na fase de grupos os brasileiros conseguiram vitória épica diante dos argentinos por 3 sets a 2, de virada, dessa vez a história não se repetiu no segundo encontro e o time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto foi derrotado no tie-break (25/23, 20/25, 20/25, 25/17 e 15/13), ficando assim fora do pódio.

É a segunda vez que a Argentina vence o Brasil na briga pelo terceiro lugar nas Olimpíadas. A primeira vez foi em 88, nos Jogos de Seul, e agora repete a ocasião em 2021.

O jogo

Desde o início, o cenário imaginado para o confronto seria de dificuldade para ambos os lados. A começar pelo primeiro set, que foi o mais equilibrado e terminou em 25 a 23. A Argentina mostrou mais volume de jogo e aproveitou as chances de bloqueio para se sobressair em relação aos brasileiros.

No segundo, o Brasil voltou em busca do empate e dessa vez mostrou superioridade em relação aos argentinos para fechar em 25 a 20. No terceiro, a Seleção Brasileira assustou com momento de oscilação no começo, mas soube reagir no momento certo para virar a partida e repetir o resultado do set anterior.

Faltava apenas mais um para o time brasileiro vencer e ficar com o bronze. Contudo, os jogadores novamente se mostraram desligados, como se tivessem sofrido apagão, e a Argentina cresceu no jogo. Com isso, não ocorreu nova virada e os rivais venceram com certa facilidade ao encerrar o placar por 25 a 17.

No decisivo tiebreak, houve mais equilíbrio e com o Brasil voltando mais atento. Do outro lado, contudo, a Argentina continuou com o bom ritmo e errou menos na quadra. Consequentemente, triunfou por 15 a 13 e entrou no pódio.

Como ficou o pódio?

Ouro: França

Prata: Comitê Olímpico Russo (ROC)

Bronze: Argentina

VAVEL Logo