França vence russos no tiebreak e conquista ouro inédito no vôlei masculino
Foto: Divulgação /  FIVB

Histórico!!! Na manhã  desta sábado (7), França e Comitê Olímpico Russo entraram em quadra para a final do vôlei masculino nas Olimpíadas de Tóquio 2020. O jogo não foi fácil: apesar da França vencer os dois primeiros sets, o Comitê Olímpico Russo conseguiu chegar e forçou o quinto set. Em um set point bem equilibrado, os franceses levaram a melhor e conquistaram o primeiro título olímpico no vôlei masculino. 

Emoção até o final

A combinação saque potente e bloqueio eficiente ditou o primeiro set. Com destaque para o levantador Brizard, os franceses conseguiram segurar os russos e venceram o primeiro set por 25 a 23.

Para o segundo set, a França já parecia mais solta. O ponteiro Ngapeth teve um belo início e aumentou a vantagem dos franceses na frente. Apesar do Comitê Olímpico Russo ensaiar uma reação, bem parecida com a do jogo contra o Brasil, mas não deu. A França fechou o segundo set em um 25 a 17.

O terceiro set poderia ser o definitivo, mas não foi. No momento crucial, as equipes permaneceram coladas no placar até o final da parcial. A passagem de Podlesnykh foi a que decidiu o set: 25 a 21 para os russos. 

O quarto set parecia ser dos franceses no início, principalmente com a agressividade de Brizard no saque. Porém, mais uma vez, deixaram os russos chegarem. O Comitê Olímpico Russo voltou a crescer no momento decisivo, com eficiência nos bloqueios e contra-ataques, e forçou o tie break após vencer a quarta parcial com 25 a 21.

Os russos vieram para o tie break empolgados. Afinal, estavam perdendo por 2 sets a 0 e, de repente, estavam mais vivos do que nunca. Porém, a França  se estabilizou, voltou a encaixar o saque e contou com participações decisivas de Ngapeth e Patry para chegar ao ouro. Com 15 a 12 no quinto set, a França fez história e conquistou a tão sonhada medalha de ouro olímpica.

VAVEL Logo