Guia VAVEL da Superliga 16/17: Juiz de Fora

Equipe mineira firma parceria com Sada Cruzeiro, reformula o elenco e espera se firmar no cenário nacional do vôlei

Guia VAVEL da Superliga 16/17: Juiz de Fora
Arte VAVEL Brasil

A equipe do JF Vôlei é ainda nova no voleibol brasileiro. Com o projeto tendo sido fundado em 2008, a firmação no cenário estadual já veio, porém, busca-se alçar vôos maiores e garantir um lugar na história do esporte em âmbito nacional.

Após temporadas irregulares, sem resultados expressidos, o JF Vôlei fechou uma parceria com o Sada Cruzeiro para a temporada 2016/2017. O intuito é dar experiência aos jovens jogadores cruzeirenses, que às vezes não têm tanto tempo em quadra pelo elenco qualificado e multicampeção que a equipe montou nos últimos anos.

Com a reformulação, o único remanescente da última temporada é o líbero Fabio Paes, que além dos jovens emprestados pelo Cruzeiro, terá ao seu lado jogadores experientes como o oposto Renan Buiatti, o levantador Rodrigo Ribeiro e o ponteiro Ricardo Júnior. Renan, que estava atuando no voleibol italiano, chega com algum destaque e bagagem. Suas passagens pelas seleções de base o credenciam como um dos principais nomes da equipe para a temporada.

Os jovens cruzeirenses que completam o elenco do JF Vôlei são: os levantadores Henrique Adami e Rhendrick Resley; o oposto Carlo Junio; os ponteiros Felipi Rammé, Raphael Marcarini e Victor Adriano; os centrais Franco Drago, Bruno Gonçalves, Matheusão e Rômulo Batista e o líbero Juan Mendez.

Filho do treinador cruzeirense Marcelo Mendez, o líbero Juan Mendez se mostrou empolgado com a oportunidade de defender o JF Vôlei. 

Estávamos esperando esta chance há muito tempo. Disputar a Superliga é, realmente, um sonho. Precisamos agradecer não só ao Sada Cruzeiro, que nos formou, mas também ao Juiz de Fora Vôlei pela confiança”, disse o jovem logo quando foi apresentado. 

Além dos jogadores, outra novidade vinda do Cruzeiro é o treinador Henrique Furtado, que foi campeão da Superliga B comandando o Sada Cruzeiro B. Além do novo comandante, alguns nomes também foram contratados para a comissão ténica, como o analista de desempenho Rodrigo Fuentealba, e o preparador físico Júlio Lanzelotti.

“Estou feliz, tive uma impressão muito boa. Temos um bom ginásio, uma boa academia e várias facilidades. Também percebemos um carinho muito grande com o projeto. Isso tudo nos dá suporte para que trabalhemos bem. Agora muda tudo: ficamos mais focados, voltados para o nosso dia a dia", disse o novo treinador juiz-forense sobre seu novo clube. 

Tendo perdido a primeira partida desta temporada da Superliga para o Brasil Kirin, atual vice-campeoão da competição, por 3 sets a 1, a equipe do JF Vôlei receberá o atual campeão e seu novo parceiro Sada Cruzeiro no ginásio da UFJF, às 14h (horário de Brasília) no sábado (5), pela segunda rodada do torneio nacional.